sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

História da Poly e do Miguel

Oi, pessoal!
.
Vamos a mais uma história de cura? =) Essa é uma história que já está aqui no blog há algum tempo, como comentário de um dos meus posts, mas como eu achei que a história era muito boa e estava escondida ali, resolvi colocá-la aqui como post pq acho que assim chama mais atenção e todo mundo lê, né?
.
O diferencial dessa história é que, pela primeira vez, teremos um depoimento de um CASAL, isto é, o marido também vai falar!!! Num é o máximo? Combinei com a Poly que ela ficará acompanhando aqui o post para quem tiver dúvidas sobre a história. De repente, será nossa oportunidade para perguntar para um homem coisas que às vezes temos receio de perguntar para o nosso marido/namorado, não acham?
.
Bom, vamos a história!
.

"Sou casada há nove meses e domingo, dia 05/12, minha luta contra o vaginismo teve fim, graças à Deus! Só descobri que tinha quando me casei, pois meu esposo e eu nos casamos virgens.

Meu esposo me ajudou na cura do vaginismo. Fizemos o tratamento em casa, mas não foi fácil. Fui muitas vezes impaciente, com falta de fé e quase entrei em depressão. Tudo é muito difícil para a mulher que se vê impossibilitada de ser penetrada. Pelo fato desse assunto não ser muito comentado, de início achei que tinha algo grave que não tinha cura. Misturamos nossas emoções e ficamos desorientadas.

Mas Deus é aquele que nos dá força. Busquei respostas para minhas perguntas e as achei em blogs como este. Um dia em outubro deste ano, Deus me deu uma estratégia, já que meu esposo não quis ir atrás de médico, pois, na única vez que fui, a médica foi grossa e sarcástica. Então decidimos fazer os exercícios em casa.

Meu marido começou introduzindo um cotonete em minha vagina. Nossa foi muito difícil. Minhas pernas tremiam de medo. Porém com o passar do tempo fui me acalmando cada vez mais. Não fizemos os exercício todos os dias, pois ficávamos muito cansados pelo serviço e a faculdade. Então fizemos com dois cotonetes, um dedo, dois dedos e até que três dedos, durante a introdução do dedo eu me masturbava e tentava relaxar e contrair o músculo da MAP.

Escrevendo assim parece ter sido fácil, mas só Deus viu cada oração de súplica do meu esposo e eu antes de cada sessão. Quantas vezes chorei! Mas a cada dia nossa fé era acrescentada. No dia em que introdizimos os três dedos conseguimos a tão sonhada penetração pênis-vagina. Foi um milagre de Deus... como eu chorei... Não senti nenhuma dor... só ardeu um pouco para entrar....

Se não fosse Deus dar forças a meu esposo para me ajudar, eu não teria conseguido. Depois dessa dificuldade, muitas coisas melhoraram em meu casamento, pois, durante o período do tratamento não focamos só no sexo, mas também em outras áreas do casamento.

Só descobri e tomei coragem em fazer os exercícios em outubro, acho que no total foram 10 seções de exercícios e então Deus me curou...

Nós tudo podemos em Deus. O cordão de três dobras (meu esposo, eu e Deus) não se quebrou, pelo contrário, se fortaleceu.

Que Deus acrescente a fé de todas, pois esta é a chave da vitória.

Poly"

Agora o relato do Miguel:

"Eu ajudei minha esposa a se curar do vaginismo. Fizemos o tratamento em casa. Não foi fácil, tanto para mim, quanto para ela. Errei muitas vezes, fui impaciente, apressado e com isso a magoei.

Tudo é muito difícil para o homem. O fato de sermos ignorantes quanto ao problema e nunca imaginarmos isso, nos dá um nó na mente. Misturamos nossas ações e ficamos desorientados a primeiro momento. Mas homens tomem cuidado! Se dediquem incondicionalmente a elas, se caso a ame de verdade. Pense na superação da parte dela para vencer isso e arrume forças para se superar também. Deus é um ótimo auxílio nessa hora, não caia no mesmo erro que eu!!! Aprenda com o meu erro e evite o seu!

Hoje, Deus nos deu a vitória! Estamos felizes. Dedicamos a Deus nosso sorriso de alegria. O cordão de três dobras não se quebrou, pelo contrário, se fortaleceu.

Deus te abençoe e ajude vocês!

Miguel"

Uma história maravilhosa de companheirismo e vitória, não é mesmo? Acho que é uma boa para mostrar pros maridos/namorados que também estão envolvidos nisso!
.
Espero que essas histórias sirvam para ajudar vocês a verem que todo mundo pode quando se dedica realmente ao tratamento, quando persiste e tem fé que a cura é possível. Acredite, cada vez mais curas estão surgindo e a sua não está longe! Persista!
.
Bjs

113 comentários:

Soraia e o Vaginismo disse...

Nossa que lindoooooooooo!!!!!!!
Parabéns!
fico feliz q casais tem encontrado o caminho da cura!

Anônimo disse...

Que história mais linda, e que exemplo de fé. Que Deus continue os abençoando e que nós vagínicas possamos ter a mesma fé e possamos ser curadas com a ajuda dEle. Obrigada Dani pelo teu blog!

Anônimo disse...

Me emocionei muito com essa história...

Anônimo disse...

Tentei hj começar a me exercitar com o cotonete, mas realmente é muito difícil, quem sabe com a ajuda do marido eu consigo.

Daniela Barros disse...

Olá, pessoal!
Que bom que vcs gostaram do post! É mesmo uma história maravolhosa e um exemplo pra todas nós, não é?

Oi, última anônima!
Sabe, a parte inicial do tratamento realmente é a mais díficil. Persista nos exercícios e tenho certeza que vc vai conseguir! Boa sorte!
Bjs

Anônimo disse...

Oi, Eu sou a Raq Gostaria de compartilhar minha história com vcs, tenho 27 anos e sou casada há 7 anos e até o momento não consegui a penetração , no inicio não deixava meu marido nem colocar as mãos em minhas pernas, fiz terapia por 1 ano e meio fiz os exercicios com um, dois ,três dedos mas quando foi pra fazer com os penis de borracha eu travei e não quis mais fazer terapia, também sou muito cobrada não pelo meu marido e sim por meus pais que sabem da história sofro demais , pois eles fazem muita pressão psicológica em mim , meu marido nem me cobra tanto , mas eu me cobro 24 hs por dia, estou desacreditada de mim, mas ainda resta um fio de fé que Deus vai me ajudar mas a dor que sinto dentro de mim é muito grande, preciso desabafar com vcs, que sofrem ou já sofreram com isso. bjs até mais raq....

Polly disse...

olá....que bom que vocês gostaram da minha história e do meu marido com Deus.....então quero dizer para a anônima que tentou começar os exercícios com o cotonete: realmente os exercícios com a ajuda de seu esposo é bem mais fácil, na primeira vez que tentei com meu esposo minhas pernas tremiam fiquei muito nervosa.....então ele ia acariciando minhas pernas me pedindo para respirar bem fundo (como se fosse para ter um nenê....) então o cotonete assim como os dedos no fim do tratamento, foi entrando sozinho...a nossa vagina tem poder de sugar...então ela mesma puxa...assim como o pênis quando vai penetrar....mas não desista continue.....é normal o nervosismo e tbm ter dias que não consegui....mas tenha fé e antes de cada sessão que for fazer ore a Deus e se possível com o seu esposo...peça para Deus te ajudar, te dar calma, paciência ao seu esposo e que vc sempre tenha esperança e diga todos os dias em que você acordar: ``Eu vou conseguir em nome de Jesus``, profetize coisas boas não aceite nenhuma palavra negativa. Fica com Deus e vamos nos falando...

última anônima: vi que você já avançou muito no tratamento mas por um motivo ficou desacreditada, o que tenho a te dizer é algo que meu esposo sempre me dizia no durante nosso processo de tratamento: ``Pense que a dor que você sente dentro de você por não conseguir é bem menor se comparada com a dor que você sente ao tentar penetrar``, tenha isso em mente, e diga todos os dias que em Jesus você pode, você já conseguiu...e assim, porque você e seu esposo tentam penetrar os dedos e depois com o pênis, foi assim comigo no dia em que consegui...e mais na hora que for colocar o pênis de seu esposo feche os olhos....pense no quanto será bom e gostoso..peça para ele falar palavras de carinho para você.....umas besteirinhas...tudo isso para você se excitar e ficar lubrificada...compre também um lubrificante vaginal que chama KY ele é a base de água e me ajudou muito no início das primeiras penetrações..até masmo quando fazíamos com o dedo...e enquanto ele vai colocando o pênis ou o dedo vai você tentando ativar sei clítores para ficar mais excitada...pense que é algo maravilhoso que o próprio Deus criou e deixou de bom para nós desfrutarmos com nossos esposos...

fiquem com Deus e me escrevam....

Nubia/SP disse...

Polly
Somente hoje encontrei este blog para começar a minha batalha, até então nem tinha me passado pela cabeça tentar encontrar algo na internet, pois tbm nem sabia que isso tinha nome: vaginismo!
Sou casada ha 2 anos e até hj nada, sei que meu marido me ama, mas sei que pra ele está cada vez mais difícil.
Gostei muito de partilhar sua história, vou até mostrar pra ele hj qdo chegar do serviço, como forma de incentivo de ajuda... obrigada e que Deus me nos dê tbm esta dádiva!

Anônimo disse...

Oi sou a raq fiquei feliz com a resposta que postou, antes de encontrar este site achava que era a única na face da terra que tinha este problema , sempre quis conversar com alguém que tivesse o mesmo problema que eu pra não me sentir tão só, pque a terapeuta falava que tinha outros casos mas na minha mente não havia , pois me sinto como um extraterrestre, principamente pque faz muito tempo meu vaginsimo, e como sou evangelica parece que a cobrança é maior ainda, a terapeuta falava que um dos motivos de eu ter o vaginismo é a religiao e a outra é a criação rígida.. obrigada pela ajuda bjs até mais.

Núbia/SP disse...

Olá Raq, tudo bem?
Não tenha isso como algo impossível, creio que só devemos encontrar o caminho ideal, com a ajuda de Deus é claro, pois não é tão simples assim e empregarr forças para vencer esta limitação. Sei que há solução para tudo, com exceção da morte, então tenha fé, assim como eu, que nem sabia o que eu tinha e só então descobri sozinha, com meus exatos 32 anos. Mas não vou desistir, pois se foi neste momento que consegui encontrar tudo isso aqui, com certeza é para uma única finalidade, me curar!
Então vamos lutar!!!
Um bj

Polly disse...

oi Núbia....fico feliz em poder ajudar....e sobre mostrar para o esposo eu tbm fiz isso com uma outra história e mostrei para meu esposo...e deu muito certo...que Deus te abençoe na luta e continuem lutando....

oi Raq eu e meu esposo tbm somos evangélicos e foi um grande tratamento para nossa vida espiritual termos passa do e vencido pela graça de Deus o vaginismo...e Deus nos deu a vitório quando paramos de olhar para o vaginismo como um problema e sim como uma forma de Deus nos tratar como casa....

bjs a todas e Deus abençoe....

Nubia/SP disse...

Polly
Nós somos cristãos também, essa é a diferença por sabermos que mesmo diante de qualquer problema, Deus está a frente de tudo.
Gostaria de te perguntar, se não quiser responder não tem problema, mas como devo fazer já q ainda sou virgem, o fato de tentar colocar o dedo não irá me causar nenhuma dor?? Além disso, vc conhece alguma técnica de relaxamento, pois fico tão tensa que só o fato de ele tentar eu fico com as pernas tão dura, que trava tudo. Parece até que nem tenho o buraco, sei lá... rsrssrsr

Poly disse...

oi Raq....gostaria de te falar sobre o que seu teraperuta falou sobre a religião que possívelmente foi a causa de vc ter vaginismo...isso não te nada a ver, pois, como podemos servir a um Deus que é o criador do sexo entre o marido e a mulher e ele mesmo ser a causa de vc não conseguir....não tem lógica...Ele estaria indo contra Ele mesmo...na verdade servir a Deus é a chave para uma vida sexual com nossos esposos abençoada e frutífera...gosando do melhor tendo e dando prazer debaixo da benção,,,,não pense no que a médica falou.....talves ela não conheça a fundo o assunto e arrumou um argumento para justificar o que vc está passando..eu por exemplo..o motivo que me levou a ter vaginismo foi por conta de conversas com meninas que perdiam a virgindade e me falavam que doeu mto..então eu fiquei com isso na cabeça e tinha medo de sentir dor....ve se pode...e algo bobo para quem houve nas para mim havia se tornado um monstro...nas lembre-se Deus é maior....e se concentre na obra de Deus e não no seu problema.....procure ajudar as pessoas com oração..um conselho...pois, foi quando eu deixei Deus me usar e tbm meu marido para sua obra..aí que ocorreu a cura...qndo menos esperávamos...Deus deve estar acima de tudo...!

oi Núbia...quero te dizer que sua vagina é um orgão elastico então se vc relaxar não sentirá dor alguma...talvez uma pequena ardência mas nada de mas em comparação com o tanto que é gostoso o que Deus deixou para nós...lembre-se que sai um nene dai..rsrsr.....então vamos lá: peça para seu esposo te ajuda...q seja em um dia em que vcs estão sussegados sem hora para fazer outra coisa...as primeiras sessões devem ser bem devagar....então começe deitada de frente para ele com as pernas abertas como se ele fosse fazer um parto em vc....e ele fique sentado encostado na cabeceira da cama pois fica confortável para os dois.....peça para ele passar lubrificante KY que vende em qq farmácia, nos cotonetes e posteriormente nos dedos....inicie com 1 cotonete....depois 2....depois 1 dedo...2 e finalmente 3...mas isso com o passar dos dias.....peça para ele te acariciar as penas falar com carinho....e vc respire bem fundo.....vc nem perceberá e o cotonete vai entrar pois sua vagina tem poder de sugar inclusive o pênis do seu marido.....quando o cotonte estiver la dentro vc verá que não trancada e peça para ele fazer os movimento de dentro para fora com o cotonete como se você uma relação mas isso bem devagar.....no dia em q vc deixar ele colocar 1 dedo peça para ele forçar levemente para baixo...tudo isso Núbia tem que ser bem devagar para vc não se assustar...e vc sempre se masturbe o tempo todo da sessão para vc ficar lubrificada...feche os olhos e pense estar fazendo amor com seu esposo....acredite que está progredindo...ore sempre antes de vcs começarem cada sessão....se seu esposo não for paciente ore por ele sem ele saber q Deus agirá.....tbm durante a introdução do cotonete ou do dedo quando eles estiverem la dentro levante a abaixe novamente seu quadril na cana..não precisa ser mto alto...bem de leve para que o múculo da sua vagina chamado MAR relaxe.....um exercício q vc pode fazer sozinha é assim: quando vc estiver urinando tente prender repentinamente o xixi....quando vc consegue fazer isso é o múculo da sua MAR contraindo e qndo ele está assim não entra nada na vagina....então relaxe e deixe a urina sair...e essa ação indica o relachamento da MAR....esse músculo tem ligação com seu anus....qndo vc segura um pum...kk....é seu músculo da MAP contraindo....qndo solta...é o múculo relaxando...faça isso 1 vez por dia e vc vai começar a aprender como o músculo da sua vagina relaxa para entra o pênis e como ele contrai.....a penetração em si não pq o ímem não tem terminações nervosas então só doi pq nós contraímos...então fique calma...vc não vai sentir dor nenhuma...se arder para fazer xixi após alguma sessão tbm é normal isso é por conta da tensão...

espero ter ajudado um pouco vcs...se tiverem mais perguntas podem falar....e que Deus continue abençoando e veja a vitória de vcs pela fé...

bjs...

Miguel disse...

Núbia: e ae marido da núbia tudo ben? se não estiver tudo bem vai ficar! olha é vc quem pode relaxar sua esposa...se ela não ver em você a calma, o carinho necessário ela não vai ficar calma e vocês poderão se frustrar....algumas vezes não tive calma e a conclusão foi que não avançamos no tratamento...fale coisas que vão incentivá-la e a cada avanço por menor que seja parabenize-a por isso faça com que ela se sinta capaz....acaricie as pernas dela e a barriga peça para respirar bem fundo e não faça nada sem ela pedir.......ou avise quando for fazer algo durante a penetração dos objetos.....(cotonete e dedo)....pois se vc fazer qq coisa sem ela pedir mostrara pressa e além disso atrapalhará e a deixará mais nervosa e impedirá o avanço.
ore antes de começar...pois Deus irá ajudá-los e falo com propriedade pois Ele me ajudou....

Nubia/SP disse...

Oi casal Polly e marido, agradeço de coração todo incentivo e ajuda, de coração!
Ontem mostrei o Blog para meu marido, o depoimento de vcs e ele se animou bastante, pois como havia dito, não sabia nem por onde começar. E estamos planejando este final de semana ficar mais tranquilo e confortavel, pois na semana é muita correria, as vezes até aparece visita em casa então já viram né?... Eu já tenho KY, agora vamos tentar usas as técnicas e vencer mais uma tentativa...
Mais uma vez obrigada

Anônimo disse...

Oi pessoal , nossa estou tão animada com este blog , a gente sabendo que tem mais gente com nosso problema tudo fica mais fácil e não nos sentimos sós ... DEUS abençõe a todos os casais que entrarem ou entram neste site meu esposo ficou super feliz também ao ler as histórias... bjs até mais....

Poly disse...

Oi Nubia, vc não sabe como dexou meu esposo e eu felizes, pois, agora entendemos o pq q Deus ´permitiu que nós enfrentássemos um vaginismo nos primeiros meses de casados: foi para que hoje pudemssemos sjudar vc, seu esposo e tbm outros casais....agora tenho masi certeza ainda que NADA QUE DEUS PERMITE QUE ENFRENTEMOS É EM VÃO...TUDO TEM UM PQ QUE SÓ ENTEDEMOS NO TEMPO CERTO...TUDO COOPERA PARA O BEM DOS QUE AMAM A DEUS.....fica na paz e continue dando notícias e estaremos orando para Deus os abençoasr e tenha certeza da vitória.

oi última anônima.....fico mto felis em poder ajudá-la junto com a Daniela no blog.....continue na luta que a vitória é certa....

oi Raq.....tudo bem...vc viu meu comentário para vc?

bj a todas....e a paz de Deus esteja em nossos corações SEMPRE....

Luz disse...

Que linda a história de vcs...até me emocionei lendo.Tenho certeza que Deus vai me dar essa graça tbém.
Dani e POlly Obrigada por fazer sempre presente a esperança e determinação em nossas vidas através dos seus comentários.
Super bjo.

Luz.

Anônimo disse...

Oi Polly é a Raq fiquei feliz com seu comentário ...estou na luta preciso um pouco mais de ânimo , as vezes a frustração me vence ... mas no outro dia já fico bem só Deus pra me dar Forças mas DEUS abençõe a todas pelos post porque ajuda bastante... bjs

Poly disse...

Oi luz e Raq....
fico mto feliz em ver que Deus faz renascer a esperança em seus corações...nunca se esqueçam que para Deus NÃO HÁ IMPOSSÍVEL, PORÉM A PARTE DELE É FAZER O SOBRENATURAL, JÁ O NATURAL QUE É FAZER OS EXERCÍCIOS CONFORME COMENTAMOS NESSE BLOG, ORAR E TER FÉ, TUDO ISSO SOMOS NÓS QUE DEVEMOS FAZER....DEUS NÃO VAI FAZER POR NÓS O QUE ELE SABE QUE CONSEGUIMOS FAZER....
PARA DEUS NÃO HÁ IMPOSSÍVEL...POR ISSO EU CREIO QUE A VITÓRIA DE VOCÊS JÁ ESTÁ ESCRITA NO LIVRO DA HISTÓRIA DE CADA UMA DE VOCÊS...APENAS CREIAM E A CONTEMPLE PELA FÉ....EU SEI Q NÃO É FACIL...MAS NÓES ESTMOS ORANDO POR VCS.....

ABRAÇO A TODAS....

" E A PAZ DE DEUS QUE EXCEDE TODO ENTENDIMENTO GUARDARÁ O CORAÇÃO E AMENTE DE VOCÊS"(BÍBLIA SAGRADA - LIVRO DE AOS FILIPENCES)

Anônimo disse...

Mt linda a historia de Polly e seu esposo;mais emocionante foi saber da sensibilidade dele...lindo isso.Só através de blogs como esse,que a gente fica sabendo como é comum esse problema!Tantas mulheres sofrem desse mal...parabéns,Dani,pela iniciativa!!!!Compartilhar a dor com outras mulheres,me dá força e coragem para persistir.Só Deus mesmo é capaz de sustentar um casamento que passa por isso;que a cada dia,o Senhor Jesus nos dê a certeza que a cura virá e que teremos uma vida normal e feliz!!!!
Bj e boa tarde a todos!J.

Anônimo disse...

Oi pessoal é a raq estou muito feliz de ter encontrado este blog nas horas tristes entro e leio estes depoimentos e vejo que nao sou a unica e que posso passar por isso com menos sofrimento menas angústia , que é oque sinto, tem dias que acordo que a vontade é só de chorar e se eu pudesse ficava trancada dentro do meu quarto , ma DEUS ainda esta me dando forças para sair e ir trabalhar e agora estou estudando e isso afasta um pouco os meus pensamentos de um problema que pra mim é ENORME... bjs fiquem com DEUS e um dia creio que vou falar ainda coisas boas e construtivas a respeito deste problema.

Poly disse...

oi raq....a aí você tem feito os exercícioos com o seu marido???
tem tido avanços...pelo que vejo sim..pois, so de vc ter forças de continuar lutando..ja é um grande avanço....e saiba que a vitória sempre vem....se coloque na posição que Deus quer q vcs estejam...e se já estiverem..fiquem em paz que isso vai passar....

Daniela Barros disse...

Olá, pessoal!
Bom, acompanhei aqui todos os comentários e vi que esse post tornou-se um espaço em que vcs estão trocando entre si experiências, conselhos e apoio, sem nem precisar da minha interferência, né? Que ótimo! Fico muito feliz que meu blog tá sendo encarado como um espaço desse tipo! Maravilha!
Quero agradecer à Poly tb, por sua dedicação acompanhando todos os comentários aqui do seu post, obrigada querida!
Bjs e força a todas!

Anônimo disse...

Poly e Miguel vcs são crentes? qual a denominação da igreja de vcs?

bjs.

Daniela Barros disse...

Oi, anônima!
A Poly e o Miguel são evangélicos sim, mas não sei de qual igreja... vamos ver se um deles aparece aqui pra responder, né?
Bjs

Poly disse...

Olá a todas....me desculpem o afastamento...nossa vida é muito corrida...
sou evangélica sim..meu esposo e eu....
você também é anônima????????

Daniela Barros disse...

Oi, Poly!
Que bom que vc voltou, achei que tinha desistido da causa! rs
É muito bom ter vc por aqui dando força pras meninas!
Bjs

beauty disse...

Great post, really informative with stuff I've not seen elsewhere. Thanks.

Anônimo disse...

olá boa noite sou a lisa bom tenho 6 anos de casada e vivo neste negócio de vaginismo não consigo penetração so ouve uma unica vez ate sangrou depois não consegui mais o tempo passou e vai pra 6 anos de tormento bom fui na ginicologista e ela disse que o himem foi rompido mais ta dificil me passou xilocaina pra ver consegui colocar aumenos um dedo mais nAÕ consegui meu Deus que faço vou pedir meu marido pra me ajudar se consegui pelo aumenos um dedo ja é um começo né me ajudem beijo

Poly disse...

olá últma anônima...td bem....o meu marido, como vc pode ver na historia no início desta página, me ajudou mto na cura...alias, foram 3 meses de tratamento que ele e eu fizemos em casa...ele quem penetrou os dedos...começamos com cotonete até chagar a 3 dedos de penetração...sempre com o lubrificante KY...depois de penetrarmos a primeira vez o cotonete...até ao fazer xixi, minha vagina ardia...porém depois já não sentia mais nada.....leia minha história e verá....e quero lembrar que Deus é a chave para a vitória, pois, só o Senhor Jesus pode nos dar força e tbm aos nossos maridos de não desistirmos e tbm só Jesus pode nos curar...afinal foi Ele quem nos criou e sabe de todas nossas limitações, necessidades.....se apegue com Deus e comece a fazer os exercícios com seu esposo....

bjs e até mais.....me conte como foi qndo fizer a primeira seção com seu esposo....Deus abençoe e fique com Deus....

Anônimo disse...

oi poly li sim sua história muita bonita ela, mais meu Deus como tem sido dificil tenho muito medo oro a Deus pra mim dar força so de ele tentar enfiar o dedo ja travo,, acho que isso é um pouco piscológico olha to pensando em tomar algo so pra não ficar tão nervosa ai não sei so Jesus . vc tem msn poly preciso conversar com alguém se puder me passa beijo e obrigado viu.lisa

Poly disse...

olá lisa...não..eu não tenho msn...mas tenta com um cotonete bem lubrificado de início....vc vai conseguir eu tenho certeza...e sabe porque: No livro de Geneses Deus diz que: ''Tomara o homem sua mulher, e serão juntos uma só carne.'' O que significa isso? Isso significa que o homem se casará e juntos, a partir do ato sexual, se tornarão uma só carne e viverão uma vida que caminhará cada vez mais para serem um: em pensamento, em sentimento, em sonhos, propósitos espirituais...em tudo Deus quer que o casal seja um e assim Ele os usará para abençoarem outras vidas e falando do amor de Jesus...posso te falar algo...quando meu esposo escreveu o depoimento dele que está junto ao meu no começo da página, nós ainda não tinhamos conseguido...na verdade ele escreveu um dia antes de conseguirmos..e nem eu e nem ele sabíamos que no dia seguinte iríamos conseguir nossa vitória...foi uma questão de fé...é ela que move nossa vida...e a Bíblia diz que: '' A fé move montanhas''....acredite e tente...tem que ser com calma...que vcs estejam sem preocupação com o tempo.....ele precisa te acalmar...fique na posição de parto...de frente para ela..deitada...estimule seu clítores e viage...quando vc menos perceber o cotonete terá entrado....é aos poucos...depois que meu esposo me ajudou no tratamento conseguimos em 3 meses a cura.....no total foram 10 meses de luta...mas só quando nos unimos e um ajudou o outro...aí conseguimos e claro...sempre orávamos antes de cada sessão para pedir sucesso e orávamos para agradecer a Deus, deposi de cada sessão....

bjs....creio na sua vitória...

fica com Deus...

Anônimo disse...

ola poly obrigado por mim responder é tão bom isso; olha até hoje não tentei nada bom até que tentei passei xilocaina mais não consegui parece que o medo é maoir, sabe fico que tipo evitando poly acho que medo ele fica querendo me dominar, poxa dia 10 de dezembro faço 6 anos de casada e a chegada desta data ja ta me deixando frustada , olha vou te falar algo se não fosse eu conhecer a Deus acho que ja tinha feito uma besteira de tanto desespero, meu marido é um homem maravilhoso e sinceramente tenho medo de perde-lo pois por mais que seja bom não vai aguentar isso muito tempo né obrigado poly pelo aumenos qui posso desabafar bijo Deus te abençõe muito.lisa

Poly disse...

Lisa...boa tarde...quero te dizer que assim como Jesus não desistiu..vcs não devem desistir tbm....vc vai conseguir...peça para Deus te mostrar o que Ele quer te fazer aprender com isso...e desde então...não pense no problema e sim no propósito de Deus com isso...foi qndo meu esposo e eu pedimos a Deus e entendemos o que Ele queria no ensinar com isso que conseguimos juntos a curo....nós iríamos começar um mini´téio na igreja..então meu esposo orou: " Deus essas nossa vitória é condicional para realizarmos essa obra para o Senhor..tenha Misericórdia..."...vcs vaõ conseguir...

bjs....

Lunna disse...

Poly, minha flor, preciso te falar...
Já li vários depoimentos, nesse blog, em outros e em quase todos percebia que a maioria das mulheres tinham conseguido cura através de tratamentos com psicólogos, terapeutas e etc, mas hoje, quando abri esse blog, desejei no íntimo do meu coração que encontrasse a história de uma mulher que tinha conseguido alcançar cura sem tratamentos, vc não imagina como fiquei quando li, sem querer, sua história.
Já tinha procurado médicas, mas por um motivo ou outro, sempre dava errado. Marquei com uma indicada, mas fiquei desempregada e sem condição de pagar as sessões, o salário do meu noivo é baixo ainda e não daria pra pagar. Aí nos indicaram outra, profissional no assunto, liguei para ver o preço, mas ela tinha saído de licença maternidade haha E eu desejando ser forte pra me livrar disso sem ajuda...
Tenho 29 anos, estou noiva de um homem maravilhoso e paciente, somos virgens e tentamos há mais ou menos 6 anos, sem sucesso. Sempre me senti menos mulher por isso, mas não por não poder fazer sexo, mas pq sempre quis ser uma com meu amor e nunca pude.
Mas, ao mesmo tempo que sofro com isso, me alegro. Essa alegria se deve ao fato de que, ainda não nos casamos - será daqui a alguns meses - portanto ficaria difícil tratar isso na casa da minha mãe (ela é fechada, nunca falou de sexo comigo e sempre me fez entender que era uma coisa suja e errada), além disso sofri abuso quando era criança, era muito pequena, mas pelo que me lembro não houve penetração, mas foi horrível e monstruoso, isso me prejudicou por toda uma vida. Ainda não me vejo 100% superada dos meus traumas, mas quero começar minha família bem, com minha mente aberta aos prazeres que o próprio Deus nos deixou.
Portanto, quero te agradecer imensamente, por contar sua história que hoje, desceu como bálsamo em meu coração, a Dani, pela bondade em compartilhar histórias e ajudar outras como nós e a Deus, pq Ele existe, está olhando por nós, nunca me deixou sozinha e vai me ajudar a ser feliz.
Um super abraço a todas e sejamos fortes, nós somos guerreiras e não é um medo tolo como esse que vai impedir que nossa felicidade aconteça.

Lunna disse...

Ah sim, Poly, precisava te perguntar umas coisas que esqueci haha

1 - Como era seu vaginismo? Vc era do tipo que não deixava o marido tocar ou tinha um grau mais leve de vaginismo?
2 - Vc não tinha tipo, vergonha do seu marido ficar olhando lá embaixo, mexendo? Eu tenho um pouco pq acho a vagina algo nada bonito hahahaha
3 - Depois que conseguiram, como ficou a vida sexual de vcs? Conseguem evoluir naturalmente ou vc ainda tem recaídas, como funciona isso?

Obrigada de novooo!
Beijão

Dri disse...

Olá mulheres... fiquei muito feliz em saber que isso que acontece comigo tem um nome...pois estava sendo muito ruim pra mim, em pensar que eu era a unica mulher no mundo que não fazia o esposo feliz...ontem eu descobri isso, pois teve uma reportagem na TV Record, e me chamou a atenção, e descobri o Vaginismo. Imprimi o depoimento da Polly e vou mostrar ao meu esposo. Obrigada pelo blog. Tem me ajudado muito.

Poly disse...

Olá Lunna, tudo bem?
então o meu vaginismo era leve, apenas fugia na hora do penis estar na porta de entrada.....
não tina vergona dele, meu esposo sempre me fez ficar muito a vontade, acho que isso tbm ajudou e muito na minha cura.....
nossa vida sexual hoje é uma benção, conforme Deus descreveu para nos seres humanos no livro de Cantares de Salomão, na Bíblia Sagrada.....tudo que nos vem a mente para fazer...temos conseguido...estamos sendo satisfeito dia a dia...quando Deus dá a cura, ela é completa...por isso confie nEle, pois Ele é o Deus das impossibilidades....

Oi Dri...tudo bem?
fico muito feliz em saber que o meu testemunho de vida tem te ajudade...tenho certeza que a vitória á sua e vai chegas....Deus está preparando ela para você, postanto creia....

bjão a todas....

Lunna disse...

Poly,

Obrigada por responder, linda!
Meu vaginismo também é leve, só não consigo na hora, meu maior problema vai ser enfrentar a timidez na hora dos exercícios, mas pra ficar livre dessa trava faço qualquer coisa. Meu noivo já leu sua resposta e está disposto a lutar comigo pra que eu perca a vergonha dele olhar lá e tals.
Muito obrigada mesmo, vamos vencer essa barreira, ter um casamento saudável e os filhos que Deus possa querer nos dar um dia.
Um beijo no seu coração!

Anônimo disse...

Sou casada a 6 anos, crente, casada com um homem crente, nos casamos virgens, não conseguimos a penetração desde a primeira tentativa. No início do casamento estava um pouco frustrada e não queria buscar ajuda por não ter interesse, já que meu marido era agressivo comigo. Hoje eu digo a todas que me arrependo profundamente de nunca ter buscado ajuda no começo, o tempo passa a vergonha aumenta.
Pela graça de Deus até onde sei meu marido nunca me traiu e demonstra muito amor para comigo, é bastante impaciente, me ofende, mas sempre se arrepende. E é Deus que tem sustentado o casamento. Não me lembro quando exatamente fui a uma primeira consulta e relatei o problema a ginecologista, que disse que era algo normal e que tinha de usar lubrificante e até mesmo indicou a xilocayna, no entanto, o segundo estava descartado já que dificultaria para o meu marido. A médica disse que eu poderia passar por um cirurgia de rompimento de hímen, mas era caro! Depois de um tempo devido a uma alergia consultei uma ginecologista e relatei o problema a mesma me examinou e disse que eu não tinha problema nenhum era só tentar! Passei por uma terceira ginecologista que foi ótima, detectou que era vaginismo e no consultório rompeu o meu hímen, nossa quanta dor! Eu chorei muito durante o processo e vi as mãos da médica sujas de sangue! Mas meu marido não acredita que o hímen está aberto, ele acha que o precisa abrir mais! Todas as vezes que fui a médica morria de vergonha de dizer a quanto tempo estava com o problema, sempre menti. Após pesquisas na internet, decidi comprar dilatadores nos Estados Unidos e já consegui colocar todos os tamanhos, no último eu chorei de alegria, mas na hora da relação não consigo!!!!! Fico muito tensa, pois já sei o que vai acontecer, meu marido vai ficar bravo e vai falar várias coisas que vão me entristecer. Eu entendo ele está cansado! É muito tempo! Ele quer resolver logo isso! O que eu vou fazer? Já me perguntei e perguntei a Deus o porquê!!! Mas não há respostas! Tantas orações de joelhos, lágrimas, tantas vezes olhava as outras moças e me perguntava por que eu não consigo? Desejei ser outras pessoas, desejei ir embora de casa, eu o amo e quero que ele se realize plenamente comigo, mas às vezes penso que Deus poderia me levar para acabar com este sofrimento. Antes das tentativas e durante elas eu oro, suplico em nome de Jesus!mas nada...
Estou muito triste e como sei que há pessoas aqui que são crentes peço que orem por mim! Hoje ele me disse como já disse outras vezes que qualquer mulher consegue e que ele é um palhaço, que eu vivo minha vida normal e nem ligo! Vocês, somente vocês para me compreenderem, vocês sabem que não é assim! Estou nesta luta com Deus.

Lunna disse...

Anônima, crentes ou não, todas nós sofremos do mesmo problema e muitas vezes precisamos lidar sozinhas com nossos medos e limitações.
Graças a Deus pela internet, que com certeza abriu os olhos de tantas mulheres que passavam por isso e caíam nas mãos de ginecologistas malucas como essas que vc achou, dizendo que era frescura e que tinham que romper o hímen, fiquei chocada com as coisas que vc falou, mas entendo perfeitamente sua tristeza, não tem nada pior que amar uma pessoa, querer ter relação como qualquer outra pessoa e não conseguir. A frustração dói demais.
Mas querida, depois de muito sofrer entendi que me comparar com as outras só ia piorar, tive que aceitar que sou diferente e que enfrentar isso vai me tornar uma mulher mais forte. Nós temos conosco a capacidade de gerar uma vida, quem vai dizer que não podemos enfrentar um trauma? Podemos sim!
Preciso te dizer que, no seu caso, eu acredito que o mais indicado seria procurar uma terapeuta que trate de vaginismo. Sabe pq? Percebi que seus medos não estão ligados unicamente a você, mas ao seu marido, ao seu casamento. Se vc conseguiu inserir os cones e somente na hora H se retrai, fica meio que na cara que ele não está te passando a confiança que vc precisa pra resolver de uma vez esse perrengue.
Portanto, procure um terapeuta, faça o tratamento direitinho e, no momento certo, peça que seu marido esteja presente nas sessões pq pelo pouco que vc me permitiu saber, ele não está preparado pra te ajudar e sozinha vai ser mais complicado. Se não houver muuuuito amor, muuuuita paciência e compreensão, vai ser cada vez mais difícil e nem vc, nem ninguém merece isso.
Ele te ama, então precisa estar ao seu lado e não te colocando contra a parede.
Sei que vc é temente a Deus e ama seu esposo, por isso te aconselho a se unirem completamente nesta luta, é o justo, é o certo e é a maior prova de amor que ele pode te dar, estar ao seu lado.
E nada de ficar pedindo a Deus pra te levar embora, sabe, no dia em que vc superar isso - e vc vai superar - vai entender que perdeu tempo alimentando medos, quando poderia estar fortalecendo suas esperanças.
É nisso que acredito e digo que estou aqui, estamos todas aqui, com você. Seja forte! Vai passar!

Anônimo disse...

Muito obrigada Lunna!

Poly disse...

Olá Anônima, li o seu depoimento e concordo com a Lunna, pois, o que seu marido precisa entender é que é ele quem precisa mudar, se vc já conseguiu inserir todos os cones o problemé ele que não sabe te deixar doida de voltade de fazer amor com ele. Ele sabe o que é uma pre -liminar bem feita, que te deixa ficar como uma boneca na mão dele...anonima, peça para seu esposo ler o depoimento do meu esposo no começo desse blog, creio que irá ajudar.....estarei orando para que le se torne um homem amoroso......e enquanto ele não praticar o que no livro de ~Cantares de Salomão está descrito, a fomar como salomão tratava a Sulamita, o que ele dizia a ela durante o ato sexual, é algo lindo e puro...o que seu esposo precisa fazer e pedir e deixar Deus moldá-lo, pois nos mulheres nos entregamos aos nossos maridos e não fazemos por obrigação...ore a Deus por ele, e não mais por vc, pois vc já está curada, é seu esposo que precisa deixar Deus tratá-lo.....sua vitória está mais próxima do que vc imagina....

abraços...fica com Deus...

Anônimo disse...

Olá meninas! recentemente coloquei o meu depoimento aqui! Até que a Polly fez o último comentário! Bom meu marido era paciente nas preliminares, no entanto, se não dava certo ele ficava bravo e não queria mais me procurar para tentar por um bom tempo! Bom apesar de estar com um pouco de vergonha chamei ele para conversar! Disse que já tinha colocado todos os cones e que eu me importava com o problema! Disse que tinha lido sobre botox, que as pessoas colocavam na vagina para não endurecer a musculatura e assim conseguiam tratar vaginismo e disse que eu queria fazer! Ele ficou super preocupado, disse que não deixaria eu fazer de jeito nenhum! Pois ele ficou com medo de possíveis efeitos colaterais! Conversei que se ele continuasse sem paciência para continuar tentando e se continuasse ficando bravo depois das vezes que tentávamos e não dava certo não íamos conseguir mesmo! Então desde então ele começou a tentar todos os dias! e não deu certo por vários dias (isso começou no final de dezembro/11, acho que dia 24 conversei com ele)mas mesmo assim ele permaneceu amoroso comigo! Ontem eu estava cansada, ele quis tentar e eu aceitei e finalmente graça a Deus ele conseguiu fazer a total penetração e fizemos sexo! Ele conseguiu uma posição boa e no começo eu sinti muita dor na "portinha", mas depois fui relaxando a perna e ele conseguiu inserir e movimentar sem eu sentir dor nenhuma! Saiu um pouquinho de sangue quando limpei-me!Eu senti prazer, mas acho que não muito, acho que temos de continuar praticando! mas ele disse que sentiu prazer! Fiquei muito feliz! Pode me colocar nos rankings das curadas!
Abs.
Muito obrigada por esse blog.

Lunna disse...

Ai, que lindo! Amééém!
To super feliz por você, flor!
Senti até arrepios quando vc falou do botox, nunca tinha ouvido falar e imaginei que horrível deve ser, mas que bom que isso serviu para chocar seu marido.
Vamo que vamo! Também to na minha luta mas posso te dizer, pelo que vi de outros depoimentos, que com o tempo isso melhora e daqui a pouco vc está completamente feliz e se sentindo a mais feminina das mulheres.
Um grande beijo e parabéns!

Noreen disse...

I should say only that its awesome! The blog is informational and always produce amazing things.Thanks for sharing.

Anônimo disse...

Meu nome é Lidiane Silva...sou casada ha 8 meses..e sofro de vaginismo....ja tentamos varias vezs...ele é paciente...e quem nao tem paciencia sou eu..começo a chorar é horrivel...descobri o blog ha pouco tempo pesquisando muito na internet...mas sempre fui desanimada..SÓ QUE ONTEM EU ACABEI LENDO A HISTORIA DA POLY..aí fiquei pensando na frase que li...."pense que a dor de vc nAo conseguir é maior que essa dor(a dor do exercicio) e entao ontem eu fiz com o cotonete...e hoje consegui colocar 1 dedo dois e depois tres mas muito dolorido..vou continuar treinando e depois posto pra vcs o resultado...

Lunna disse...

Lidiane, lembra de ir com calma, tá, flor? Se você acelerar o processo e isso te causar dor, pode ser mais complicado depois resolver isso. Vai devagar, respeitando seu corpo e quando você menos esperar vai ter resolvido isso!

Anônimo disse...

Oi Lunna obrigada por responder, meu problema é fazer os exercicios regularmente...se eu fizesse todo dia provavelmente talvez estaria perto da cura, mas em um só dia faço muito..aí depois penso na dor e nao faço mais...cada dia, cada passo é uma itoria no vaginismo né...mas esse blog foi tuso de bom q eu poderia ter encontrado...as historias me encorajam muito....to lendo um blog tbm e to começando a ter be mais fé é o blog da GrazixVaginismo....semana q vem posto de como vou me saindo nos exercicios....bjs a todas e FORÇA....PQ SÓ SABE QUEM TEM...como é dificil pra nós

Sra. Vivi disse...

Olá Daniela Barros,
Eu li o blog inteiro e todos os comentários... Gostaria de parabenizá-las pela iniciativa e força de vontade de ajudar outras pessoas.

Olá Poly,
Gostaria de parabenizá-la também, pela iniciativa e coragem de contar detalhadamente a sua experiência. Era tudo que eu precisava de "DETALHES" de quem já passou por isso, e hoje 18/03/12, eu vou iniciar o tratamento da mesma forma que você fez, vou seguir cada conselho, cada dica... Deus me ajude.

Eu sou casada há 03 anos, tenho 35 anos de idade e não consigo ter relações sexuais com meu marido... Eu sinto muita dor, com isso o pênis não entra, eu fico tensa e não consigo relaxar... No começo eu pensei que era por ser virgem e que era normal ter dificuldades para conseguir penetração, mas o tempo foi passando e nada de conseguir, por mais que eu quisesse e tentasse relaxar não conseguia, depois de algum tempo me acomodei e desisti de tentar.
Enfim, meu marido achou esse blog e eu achei muito interessante a sua experiência Poly e por ser uma mulher casada, uma mulher de Deus e falar com clareza e coerência nas palavras, você me trouxe um pouco de paz e esperança... Por isso me sinto segura para falar e começar o mesmo tratamento, da mesma forma que você fez, mas tenho algumas dúvidas:
1º. O cotonete – não precisa forrar com uma camizinha? A minha dúvida é... Será que o algodão não vai ficar preso na vagina... Como você mesma disse Poly, a vagina tem sucção, por causa dessa sucção não ficará pedaços de algodão lá dentro?
2º. O dedo – também não precisa de camizinha? A dúvida é... A unha mesmo bem lixada não vai machucar? Existem bactérias nas unhas, não vai inflamar a vagina?
Desculpe as perguntas bobas, mas tenho muito medo de dor e se acontecer algo errado e eu ter que encarar um médico para tirar o algodão, afff, imagina a vergonha que eu vou ficar, imagine explicar para o médico que eu ainda sou virgem aos 35 anos de idade e dizer que inflamou minha vagina, porque eu estava tentando com o dedo do meu marido... Será constrangedor para mim.
Fico no aguardo das respostas para iniciar o meu tratamento com o cotonete.
Um grande abraço
Sra. Vivi

Poly disse...

Lidiane Silva:
Olá Lidiane, tudo bem?
você não sabe como meu esposo e eu ficamos felizes em ler hoje seu depoimento, em ver como Deus usou nossa vida, nossa história para ajudar muitas mulheres e casais como você..... Pode ter certeza que muito em breve, se tiver fé, você irá escrever sua vitória nesse blog, e desde já eu comemoro junto com vc, pois, vejo com os olhos da fé, vc feliz, assim como eu, e olhando para trás, vendo td que vcs passaram e permaneceram firmes, juntos....se apegue a Deus, pois, é da força Dele que vcs precisam nesse momento para continuarem e não desistirem no meio do caminho...pois, o desânimo sempre bate quando a vitória está próxima, mas é nessa hora que vocês devem persistirem com fé e orando ao SEnhor...Leia o Salmo 23 (Bíblia Sagrada) em voz alta, vc e seu esposo, sempre que pensarem em desistir...tbm leia Isaias 41.10 (Bíblia Sagrada)

Sra. Vivi

Olá Vivi, tbm fiquei muito feliz em poder te ajudar, pois, assim como vc, um dia eu achei esse blog e me ajudou muito. No dia que achei falei para meu esposo e nós profetizamos que colocaríamos nossa história aqui e que ajudaríamos muitas pessoas por esse blog. E é exatamente isso que está ocorrendo, por isso profetize todos os dias: eu vou conseguir, e vc irá conseguir.
Agora segue as respostas para suas peguntas:
1º. O cotonete: não. E não há necessidade de camisinha. O algodão não ficará preso (mas, tem que ser um cotonete bom). Porém tente você mesma colocá-lo, mas de início seu esposo deve colocá-lo devagar e molhado inteiro com o lubrificante KY. Fale para ele deixar um pouco, mas não deixar de segurá-lo. Fale para ele rodar dentro de sua vagina e quando quiser, peça para tirá-lo devagar.

2º. O dedo: Não precisa de camisinha. A unha não irá machucar. Mas sempre lavem - vcs dois - muito bem as mãos e depois de cada seção lave sua vagina.

E o mais importante: Orem juntos antes de cada seção e também depois para agradecer a Deus a Ele, pormenor que sejam os avanços.

Bjs no coração de todas e oro por vcs....A vitória já é de vcs em nome de Jesus....

Também Deus te abençoe Daniela, pela iniciativa do blog..mais uma vez muito obrigada e que Ele te recompensa por essa boa vontade em ajudar o próximo...

abraços.....

alizbeath disse...

Hi,glad to read the article that you post. The article is interesting and relevent to today. I am waiting for more information.

Marcela disse...

Bom gente, graças a Deus achei esse blog e achei ser a unica maluca, casada há 4 anos, com 30 anos e virgem. Morria de vergonha de ir a médicos, mentia e dizia que não era casada com medo de todos rirem de mim. Quero ser mãe, quero proporcionar uma relação melhor para o meu marido mais não consigo. Tenho muito medo da dor, de saber que é um buraquinho minúsculo, e que vai doer e sangrar. Ir ao médico é um tormento para mim...morro de dor...faço escândalo, choro. Que vergonha... Já li vários comentários dos exercícios aqui no blog, mais não consigo nem imaginar em praticar pq sei que vai doer. Ouvi falar em uma cirurgia de retirada do hímen, e acho que essa é uma ótima alternativa...acho que a minha cabeça vai melhorar muito mais quando eu souber que essa "pelinha" que me traz tanta tristeza não estará mais lá. Acho que depois da cirurgia vou conseguir fazer os exercícios e voltar a ter uma vida normal. Estou desesperada e acho que não posso perder mais tanto tempo assim. Além disso, desconfio que o meu marido me traí por causa deste problema. Sofro demais com isso... é mais forte que eu. Não sei mais oq fazer, e essa cirurgia é minha única esperança.
Que bom poder compartilhar aqui o meu sofrimento e saber que não sou a única virgem casada. Também queria parabenizar esse blog que com certeza ajuda tanta gente e parabéns a todas que conseguiram se curar. Bjus

Anônimo disse...

Olá Marcela,

entendo o teu desespero. Fui casada 10 anos. Até que o casamento acabou. Muito marido era muito paciente, mas não deu. Eu tinha vaginismo. Eu tenho 34 anos e há 3 meses eu consegui vencê-lo. Sei o que é esta dor que vc fala. Mas acredita eu fiz os exercícios sozinha em casa e consegui. O tempo total foram 4 meses.
Eu comecei com o dedo, bastante gel. Depois fui pra vela bem fininha nº 06 (essas de casa mesmo), com bastante gel e preservativo. Introduzia todos os dias até aonde eu conseguia. No começo era incomodo, mas eu fui me permitindo. Tempos depois passei a usar plugs anais, feitos de jelly ou silicone, que são macios, foi com um desses que consegui romper o hímen, acredita não dói, sangrou um pouco, eu fiquei meio tensa, mas não parei, os plugs são fininhos, e eu comecei com uns que tem a ponta mais fina do que o corpo. Depois passei para os vibradores, no final eu consegui introduzir um de 16 cm, sem dor.
Só saberia que estava curada quando estivesse com um homem de verdade, pq com os vibradores eu já sabia que conseguia. Então, um dia meu ex apareceu na minha casa e rolou. Nâo senti nenhuma dor.Abusei do gel também, pra facilitar a entrada e funcionou, eu usei o o gel KY. Na segunda vez em senti prazer e hoje é a coisa mais natural do mundo. Quando eu era casada meu marido não podia nem tocar que doía e sozinha eu encontrei forças pra lutar.

A cura é possível sim. Faça os exercícios todos os dias. A vagina vai se desensibilizando e vai abrindo, ficando maior, dilatando naturalmente com o tempo. Amiga, nem no médico eu ia tamanho era o medo. Eu achava que eu nunca ia conseguir.
Mas um dia eu colequei como meta na minha vida. Para fazer os exercícios eu escolhia uma hora que estivesse só, desligava celular, computador, como não ficava excitada, então abusava do gel.

Tenta que vc consegue... levanta a cabeça...
Vc é maior do que o problema...
Não fica achando que não vai conseguir...
Se nas primeiras vezes entrar só a´pontinha do dedo continue. Se o dedo for muito, comece com o cotonete. Mas com o dedo pq a gente passa a se conhecer e saber mais ou menos como é dentro da vagina. O buraquinho é pequeno kkk mas ele abre e fica grande, como o dedo vc sente isso.
Eu escolhi pra começar a posição deitada, depois variei. Ache a posição que for mais confortável pra vc.

Tô torcendo por vc... vc vai conseguir...pq meu caso era super parecido com o seu e tô curada.

Um abraço

arman disse...

I could tell that we’re on the same interest and obsession. Good to know someone I could share my ideas. Looking forward to know and learn some more from you. . I make fun of been wonder wide this an eye to some beat now.

john disse...

Very interesting information!Perfect just what I was searching for!I like this site very much, Its a really nice position to read and find information.

Marcela disse...

Obrigada anônima..rs!
Como eu disse, é um alivio sabe que existem outras pessoas que sofrem o mesmo que eu. Achava que eu era a única anormal. Até hj, ninguém sabe desse meu segredo, só eu e o meu marido. É horrível! Mais não consigo vencer essa barreira do tentar introduzir algo. Mais já decidi que vou procurar um médico e tentar o meio cirúrgico - saber q ele não está mais lá, vai me trazer mais tranquilidade para os exercícios. Obrigada e Parabéns pela sua conquista. Quero muito ser uma mulher de verdade e poder ter filhos. Preciso de forças e coragem. Beijos

POlly disse...

Olá Marcela,

apenas quero lembrá-la que para Deus não existe nada impossível.....
Todos os dias pela manhã e cada vez que um pensamento negativo invadia minha mente eu dizia: " Eu já consegui em nome de Jesus..", cada vez que eu chegava em meu trabalha e subia a rampa, eu profetizava dizendo: " Eu vou subir essa rampa um dia e poder me lembrar de uma noite de amor que tive com meu esposo..", e para a glória de Deus, após 10 meses de luta isso tudo que eu falava se tornou realidade em meu casamento, e meu esposo também profetizava juntamente comigo...todos os dias....
Tenha fé..que Deus está no controle de sua vida, mesmo que as vezes parece que Ele te esqueceu...
Ele te ama muito e é o primeiro interessado em sua felicidade....
Tenha fé você é uma vencedora...

Abraços..

Anônimo disse...

Marcela!!!!tudo bem?!
Eu tive vaginismo por 6 anos! :(
Bom ouvi falar dessa cirurgia de retirada do hímen e cheguei a pesquisar quanto custaria, mas é caro! Bom pela Graça de Deus encontrei uma ginecologista que descobriu o meu problema de cara (só de me examinar) - já tinha passado em umas 3 que disseram que era só tentar que eu conseguia! Bom essa gineco rompeu ela mesma o hímen no consultório dela! Foi super dolorido e saiu bastante sangue! E o rompimento do hímen não foi suficiente para que eu conseguisse ter relação sexual, no entanto, foi muito importante para o próximo passo, que foram os dilatadores que eu comprei nos EUA pela internet, após colocar o último dilatador finalmente senti que estava preparada, mas não foi também só o rompimento do hímen, mas dilatadores que finalizaram essa saga, o último passo foi a paciência do meu marido na penetração! E finalmente consegui!

Marcela disse...

Olá...
Polly...obrigada pelas sábias palavras...realmente vc tem toda razão, para Deus nada é impossível. Mais sabe quando vc se sente cansada? Sua vida tá passando e nada? Pois é, assim que me sinto..uma mulher pela metade. Então, como eu disse, desse ano não passa..rs! Como a pessoa acima falou, eu já estou fazendo os exames para Cirurgia, vejo isso como minha grande chance. Nem sei o valor, vou fazer pelo plano de saúde, em um renomado hospital. Tô nervosa, vai ter anestesia e tudo como uma cirurgia normal. Espero que dê tudo certo. A minha gineco é ótima e uma excelente profissional. Sei que só o rompimento não é o suficiente, mais saber que ele não vai estar mais lá, já vai ser um grande alívio.

Ps-> Nossa, achei um absurdo fazerem vc sofre tanto, romper o hímem no consultório? Sem anestesia? Então pq vc não tentou com seu marido mesmo?

Estou muito nervosa :(

Marcela disse...

Bom...
Já fiz todos os exames, sangue, urina, Chapa do Pulmão, Eletro, e fiz o Risco Cirurgico no Cardiologista...agora só falta levar para Dra. para marcar a data da cirurgia. Tô muito nervosa...mais, só vejo essa solução, apesar de uma cirurgia ser uma coisa séria. :(

Lunna disse...

Engraçado, meninas, pra mim o hímen não faz diferença alguma, o que me martiriza é imaginar que o canal não vai alargar o bastante para que o pênis entre e é nisso que estou trabalhando minha mente.
Vou casar daqui a uns meses e eu e meu noivo poderemos fazer tratamento mais a vontade, tenho certeza que em nossa casa, com nosso espaço e liberdade vou conseguir ficar livre dessa danada rapidinho rsrs

Polly disse...

Lunna, vc tem razão e não concordo com vc Marcela, pois, em minha primeira noite com meu esposo meu hímem foi rompido, porém fiquei mais 9 meses lutando contra o vaginismo. O que Deus e meu esposo me ajudaram a trabalhar foi o que vc disse Lunna: a mente. Ela é o problema e também a solução. Pense que Deus fez isso para que entre um pênis e saia um nenê...sei que é difícil, mas a medida que for fazendo os exercícios, você irá fazer sua mente entender que entra sim...
Você já fez sexo anal? Tenta fazer, talvez te ajude a entender que entra sim.....
sei que é algo bem diferente, mas, quando vc usa o banhei para fazer cocô, por exemplo, o buraquinho do reto é pequeno não é..e não sai as fezes de lá?!
Então..sei que são exemplos meio estranhos mas ajudam a assimilar a questão de lugar pequeno caber coisa grande..rsrs

Desculpa Marcela, não é que quero te desanimar, mas é o que li nesses meses que enfrentei o vaginismo e também o que vivi..

Abraços que deus abençoe a Todas..

Polly disse...

Lunna, vc tem razão e não concordo com vc Marcela, pois, em minha primeira noite com meu esposo meu hímem foi rompido, porém fiquei mais 9 meses lutando contra o vaginismo. O que Deus e meu esposo me ajudaram a trabalhar foi o que vc disse Lunna: a mente. Ela é o problema e também a solução. Pense que Deus fez isso para que entre um pênis e saia um nenê...sei que é difícil, mas a medida que for fazendo os exercícios, você irá fazer sua mente entender que entra sim...
Você já fez sexo anal? Tenta fazer, talvez te ajude a entender que entra sim.....
sei que é algo bem diferente, mas, quando vc usa o banhei para fazer cocô, por exemplo, o buraquinho do reto é pequeno não é..e não sai as fezes de lá?!
Então..sei que são exemplos meio estranhos mas ajudam a assimilar a questão de lugar pequeno caber coisa grande..rsrs

Desculpa Marcela, não é que quero te desanimar, mas é o que li nesses meses que enfrentei o vaginismo e também o que vivi..

Abraços que deus abençoe a Todas..

marcela disse...

Sei que cada uma pensa de uma forma, mais no meu caso nem o hímem foi rompido...pois morro e medo da dor. Mais..cada uma com sua preocupação, possa ser que depois, esse passe a ser o meu problema. Por enquanto não é..rs! Qnto ao teste, do anal...já fiz..tranquilo. Então meu problema é a pelinha..rs.

Lisa Lage disse...

Olá! Não tive como não chorar diante da história do casal. Fico extremamente feliz pela conquista de vcs! Espero que eu possa compartilhar a minha história em breve! Depois de 6 anos e meio de namoro e diante de um noivado, decidi procurar ajuda. Estou com muita fé de que dará certo.

arman disse...

Well I am quite satisfied with that opinion given in your site. I think it must be implacable in real life.

Marcela disse...

Fiz a cirurgia há poucos dias. Foi retirado o hímen e feito um estudo do canal vaginal. Tudo ok. Então, agora é só esperar a cicatrização. Correu tudo bem e foi muito rápida, apenas com sedação para dormir.

Lunna disse...

Marcela, que bom que correu tudo bem, flor. Achei meio loucura, mas torço pra que esse passo resolva seu problema. Queria que minha trava estivesse apenas no hímen rsrsrs
Desejo que, após cicatrizada, vc possa acolher sua sexualidade e ser plenamente feliz!

Camis Oliveira disse...

Oi Poly descobri hoje que tenho vaginismo, adorei sua história e fiquei bastante inspirada. E você tem muita sorte pois seu marido a apoiou. Queria que comigo fosse assim...enfim, quero começar o tratamento em casa, o seu foi apenas em casa? E queria que você me ajudasse nos exercicíos e essas coisas se possível. Ficarei ansiosa pela resposta. tá aqui meu email: camilasoliveira@hotmail.com.br

Kika disse...

Olá meninas. Encontrar esse blog tem sido muito importante, principalmente por saber que há pessoas que passam ou passaram pela mesma situação e principalmente por saber que podemos vencer! Tenho 28 anos, casada a 4 e ainda virgem. Em nenhum momento me diagnosticaram com vaginismo, é apenas... "tentar que irá conseguir", mas hoje entendo o que tenho. Já tentei terapia, o que não ajudou mto no meu caso em relação a essa questão específica. No próximo mês irei buscar uma fisioterapeuta uroginecológica e creio que eu e o meu marido conquistaremos a vitória em nome de Jesus. Polly e Miguel, a história de vcs muito parecida com a minha e do meu esposo. Nosso Deus é Fiel! Obrigada a todas pelos depoimentos, muito tem ajudado. Bjs .

MARIA disse...

MEU NOME É MARIA,GENTE COMO ESTOU FELIZ E TRISTE AO MESMO TEMPO,TRISTE POR VÊ QUE ESSE PROBLEMA QUE ME ATORMENTA A QUASE 2 ANOS SE REPETE EM VARIAS MULHERES CASADAS MAS TAMBEM FELIZ POR VÊ QUE EXISTE MULHERES COM O MESMO PROBLEMA QUE O MEU QUE ATÉ ENTAO EU ACHAVA QUE ERA SÓ EU NO MUNDO POIS JÁ ESTAVA PENSANDO EM COLOCAR MEU NOME DO LIVRO DOS RECORDES COMO UMA MULHER CASADA AINDA VIRGEM A 2 ANOS.RSRSR BRINCADEIRA. SOU CASADA A 2 ANOS COM UM MARIDO LINDO QUE AMO MUITO MAIS SOU MUITO INFELIZ POR NAO REALIZAR ELE COMO HOMEM E NEM A MIN COMO MULHER É UMA DOR ENORME NA MINHA ALMA,E MUITA VERGONHA POIS TENHOR ALGUMAS AMIGAS QUE CONSIDERAM COMO GRANDES AMIGAS E QUE SABEM QUE EU NUNCA TRANSEI COM MEU ESPOSO E QUE SEMPRE PERGUNTAM SE EU JÁ CONSEGUIR E EU SIMPLESMENTE FALO QUE NAO ELAS FICAM PASMAS POIS TOSDAS NAO SAO MAIS VIRGENS E NAO ENXERGAM COMO TABU.EU TENHO TANTA VERGONHA E AO MESMO TEMPO A SENSAÇAO QUE NUNCA VOU CONSEUIR FAZER AMOR COM MEU MARIDO E QUE TAMBEM NUNCA VOU SER MAE.QUE DEUS ME PERDOE MAS MUITAS DAS VESES EU CHEGO A TÊ ENVEJA DE TODAS AS MULHERES QUE DIZEM NAO SER MAIS VIRGENS COMO EU GOSTARIA DE ESTÁ NA PELE DELAS SÓ PRA NAO SOFRER MAIS COMO SOFRO POR NAO FAZER AMOR COM O HOMEM QUE AMO E QUERO TER FILHOS DELE COMO TENHO VONTADE DE SER MAE.POR FAVOR ME AJUDE.EU TAMBEM SOU EVANGELICA.AGRADEÇO DESDE JÁ.

anne lima disse...

Maria, me chamo anne e tb sou crente e tb já pensei como vc. Chegou um tempa em que eu não ia mais aos eventos com medo de me perguntarem como eram minhas relações e eu ter que dizer o quanto era horrível. Mas sei que o nosso Deus é um Deus de milagres. Como a Poly disse eu tb ficava ouvindo que a 1ª vez doía e acabei me prendendo. Chegou um tempo em que eu perdi totalmente a sensibilidade no clitóris. Ebtão resolvi ouvir a voz de Deus e pedir a Ele que me ajudasse. Comprei 3 penias de plástico e comecei a fazer o exercícios, primeiro com cotonete, doía muito, depois 1 dedo ,2 ,depois o primeiro pinto depois o 2º e agora estou no 3º, ainda dói mas não vou desistir. Vou a uma neuro hoje pedir a ela um remédio para a ansiedade pois ela me atrapalha. Mas não vou desistir nunca e vou namorar com meu marido sim. Chegou um tempo em que eu sonhava que esposo estava me traíndo com uma mulher que dava a ele o que eu não conseguia, pense!!!! Mas repreendi este sonho e toda vez que vem aquela vozinha de que eu não vou conseguir eu grito mais alto ainda: "Com DEus sou muito mais que vencedora.

maria disse...

anne sou eu a maria.q bom que vc postou um comentario pra min eu nunca fui diagnosticada com vaginismo nao sei se é porque ainda nao procurei ajuda com ginecologista, nao sei mesmo se é vaginismo ou se é psicologico eu so sei dizer que a 4 anos atraz eu fui fazer um exame de prevencao por 2 vezes e nao deixei a ginecologista introduzir em min o materia para retirar a secreçao qndo ela triscou em min eu me afastei sem qerer nao sei porque reagir daquela forma eu so sei que eu nao tive forcas para deixAR ela introduzir o material.tenho um marido que até aq tem tido paciencia mais já esta pra nao suportar mais. e vc faz tempo que é casada? vc só esta buscando vencer o problema em sua casa mesmo? o q vc recomenda pra min.agradeço desde já linda.bjs no seu coraçao.

Lunna disse...

Meninas, ontem eu e meu marido encontramos uma postagem excelente na internet sobre Vaginismo, com conselhos e um tipo de dessenbilização feita em casa, pela pessoa mais próxima da mulher que no caso é o marido.
Achei maravilhoso tudo o que li, vou me consultar numa ginecologista pra que ela diga se está tudo certo comigo, depois vou seguir para o auto conhecimento e em seguida, vamos seguir as dicas do Caio Fábio, achei super válido e, se for feito com paciência como ele mesmo aconselha, acredito que pode ajudar muitas de nós.
Lembrando apenas que, meninas com traumas sérios na sexualidade precisam de acompanhamento de uma terapeuta antes de fazer a dessensibilização.
Boa sorte para todas nós!!!
http://www.caiofabio.net/conteudo.asp?codigo=01677

Anônimo disse...

oi descobri que tenho vaginismo quando fui fazer exame de papanicolau, não deixei o medico introduzir para fazer o exame. Ele me pediu para procurar um psicologo. tenho pavor do exame. Como vou vencer isso?

Lunna disse...

Anônimo, uma boa forma de entender o que pode estar acontecendo com vc e começar a cura é lendo a história da Polly e os comentários que se seguiram...

Anônimo disse...

Olha me chamo Rafaela, e descobrir que tenho vaginismo aos 18 anos... sou cristã e sempre quis casar virgem que era um sonho meu... mais depois que vi a cavidade desse problema eu to desistindo e querendo ficar livre desse mal... to vendo que muitas de voce são casadas... e eu que sou solteira o que faço? fico meio reciosa de fazer esse tratamento com um paceiro não sendo casada e Deus não agrada disso... eu já tentei 3 vezes e não conseguir a penetação pela dor e o medo... Não sei o que faço pois tenho medo de casar assim não conseguir no casamento... mais tbm não queria desagrada a Deus... os relaciomanetos que tive, eles me deixaram quando ficaram sabendo que eu tinha vaginismo... me trairam... eu não aguento mais essa situação acho que so quem tem vaginismo que entende, a gente sente que é uma mulher em metade que não e inteira... gostaria muito de ajuda... obrigada! esse blog ta sendo uma benção na minha vida... e tão bom ver que eu não to sozinha nessa =)

Anônimo disse...

Ah tenho 21 anos agora esqueci de colocar rs
Rafaela

Anônimo disse...

OI TNB TENHO VAGINISMO SOU CASADA HÁ 5 ANO E JÁ NÃO SEI O QUE FAZE TENHO UM MARIDO MARAVILHOSO QUE MIM AJUDA BASTANTE MAIS NÃO CONSIGO PARA DE MIM COBRA. MIM ACHO UMA MULHER PELA METADE.ENTÃO QUANDO EU DESCOBRI ESSE BLOG UFA! VI QUE NÃO SOU TÃO ESTRANHA POIS EU ACHAVA QUE ERA A UNICA PESSOA QUE TINHA ISSO MIM SENTIA UM ET E SERIO NÃO COM SEGUIA AJUDA, NÃO SABIA COMO ENCONTRA ALGUÉM QUE TIVESSE OUVIDO, OU SOUBESSE ALGO PARECIDO COM O QUE EU TENHO NE MEDICO MIM AJUDAVA OU CONTRARIO A PRIMEIRA VEZ QUE FUI SAI DE LA DESESPERADA POIS A MEDICA FOI SUPER CROSSA COMIGO MAIS DEUS MIM FEZ VER ESSE BLOG GRAÇA AOS DEPOIMENTO QUE VEJO AQUI JA MIM ALIVIA BASTANTE JÁ COMECEI A FAZE TODAS AS DICAS QUE VCS POSTARAM. BJS ATE APROXIMA ESPERO VOLTA COM NOVIDADES.

maria disse...

queridas anonimas q bom q vcs tambem acharam este site para juntas lutamos por este problema que assola as nossas vidas.eu estou muito esperançosa pois amo meu marido e vou fazer tudo para vencer o problema, nós podemos sim vercemor pois somos mais que vencedoras em cristo JESUS NOSSO SALVADOR,ele ajudou a POLY A DANI E MUITAS OUTRAS QUE LUTARAM PELA SUPERAÇAO E CONSEGUIRAM ENTAO A ESPERANÇA PARA NOSSAS FOBIAS,TRAUMAS E LIMITAÇOES UM ABRAÇO A TODAS.

Lunna disse...

Rafaela, pense de outra forma flor, vc tem justamente a chance que não tivemos de resolver isso antes de casar. Olha só, vc não vai precisar de um homem pra se tratar, se realmente tiver vaginismo, procure uma boa terapeuta e ela provavelmente vai te ensinar o método da dessenssibilização até chegar o ponto de vc conseguir com um pênis de borracha. Vai ser legal pq vc não vai sentir pressa por ter um marido te cobrando.
Seja paciente e aproveite esse tempo só seu pra ficar bem, quando o amor de sua vida chegar, vc estará pronta pra ele.

Anônimo disse...

Lunna,Muito obrigada! suas palavras me ajudaram a refletir bastante... a minha ginecologista me encaminhou para uma sexologo para começa a trata do vaginismo... mais ela foi totalmente grossa comigo... falando para tira da cabeça de casar virgem... que tinha que tentar ter relação... me deu uns objetos para entrodução... começando com tamanho do cotonele... ai esse eu conseguir... mais depois que fui tentar aumentar minha vagina fechava toda o musculo eu nem via a passagem mais o musculo tava todo contraido e toda vez que tentava ela cuspia o objto pra fora... mesmo sabendo que anatomicamente minha vagina e normal pelo que a medica me falou na minha cabeça ela e muito fechada e parece que nunca vou conseguir a penetação que sempre vou ser virgem... da segunda vez que voltei pra clinica a sexologo já me falou pra tentar com uma cenoura e colocar camisinha mais eu nem tinha conseguindo o outro objeto ainda, ainda mais esse... ela não entendeu =/ falou pra mim que era pegar ou lagar ai depois desse dia desistir Lunna de me tratar e fiquei esperando uma cura divina... mais isso tbm não aconteceu =/ então fui entrando em algum relacionamentos sem ter relação e acabei ficando novamente sozinha... descobrir que o mundo dos homens gira em torno do SEXO ele queria imediato a penetação tava com vontade fica ate fora de sí... mais eu não podia oferece isso naquele momento... Mais agora eu decidir me trata sozinha mesmo tenho meio receio de fazer isso me sinto tão constragida minhas amigas minha irma não precisa fazer isso... conseguir normal... e só eu tenho que passar porisso... na verdade sempre fiquei receiosa comedo de nenhum homem me aceitar depois do tratamento ''não sendo mais virgem'' mais agora vi que e o contrario =/
Rafaela

Lunna disse...

Rafaela

É flor, essa sensação de "só eu não consigo" é super normal. Mas basta dar uma pesquisada em blogs como esse e vc vai descobrir que é um problema que atinge muitas mulheres, só que a gente nunca fica sabendo porque algumas delas sequer sabe que tem vaginismo e sofrem em silêncio. O simples fato de nós sabermos o que temos e podermos nos tratar já é um avanço e tanto. Por isso não desanime nunca! Não se preocupe com ser ou não virgem, cuide apenas de si mesma com todo o amor, porque, quando o cara certo chegar, ele vai te completar e te aceitar do jeito que vc é, te ajudar a superar qualquer problema e te receber com alegria se já tiver resolvido isso.
Se vc acha que sua médica não te entende, procure outra, respeite seu tempo, seu corpo e faça sempre o melhor pra vc mesma, e não pensando nos outros.
Ah, e paciência! Devagar e com carinho vc vai dar a volta por cima!

Anônimo disse...

Amém Lunna!
Muito obrigada, se Deus quiser eu vou conseguir vence isso...
começei o tratamento, quando tiver novidades entro em contato...
Que Deus possa abençõa todas e ajudar a sair desse probleminha
Beijos meninas...

maria disse...

q bom anonima q vc está motivada.

Anônimo disse...

TENHO A CERTEZA DE QUE BREVE COMPARTILHAREI A MINHA VITÓRIA, juntamente com todos vcs!! oração = orar + ação, agir é o que está proposto então mãos a obra!!! deixa Deus agir e vamos fazer a nossa parte!! por que tenho certeza que Deus olha para nós e nos dar forças para prosseguirmos a caminhada... pois o vaginismo não é fácil!! mas Deus pode TODAS AS COISAS!! como está escrito: SE CRERES VERÁS A GLÓRIA DE DEUS!! Que nesta noite o Senhor venha nos curar!!Amém!!

Meerb disse...

Pretty good post! I just stumbled upon your blog and wanted to say that I have really enjoyed reading your blog posts. Any way I'll be subscribing to your feed and I hope you post again soon.

Polly disse...

Olá meninas.....fico feliz por ler as histórias de fé e vitória de cada uma..me lembro como não foi fácil enfrentar o vaginismo, não me lebro de ter passado algum dia sem chorar por isso....mas sei que cada lágrima Jesus colheu e plantou sementes maravilhasas em meu casamento: como sementes de amor, fidelidade, compreenção, renúncia, intimidade, cumplicidade...ELE É BOM E SABE O QUE FAZ....

Anônimo disse...

ola tenho 29 anos sou católica e sofro de vaginismo,oro todos os dias pra minha cura descobri esse pesadelo na minha vida a cinco anos atraz,a minha luta e mais com meu esposo pois ele não aceita,recentemente ele anda procurando tentar me ajudar mas não tem a disciplina necessária para isto,o tratamento qui em campo grande MS e muito caro pois só tem 3 especialistas em sexologia e não atendem pela rede publica, não consegui pagar o tratamento,e fico a espera de um milagre mesmo,pois casei virgem meu esposo tbm e realmente a falta de experiencia e a angustia e a falta de irmos a igreja atrapalha muito pois eu vou mas meu esposo não vai mais apesar dele ser devoto de seus santinhos,eu me apego mais em deus,pois meus pais se tornaram evangélicos e conheço as duas religiões gosto das duas e creio no meu senhor apesar de muitas vezes desistir de pedir e implorar pra DEUS me amparar ando mal muito depressiva e o desemprego ta piorando tudo....sei que não podem fazer muito por mim mas peço pelo menos que orem intercedam por mim em orações já estou desespera quero muito ter um filho e isso tem me deixado cada vez pior pois o vaginismo atrapalha tudo....

Anônimo disse...

Boa noite...tenho 30 anos , casada a 1 ano e como a maioria que postou..aiinda não consegui a penetração..tenho medo da dor..sofro muito por isso...vou me inspirar na história da poly pra ver se consigo me curar tbem...não queria procurar especialista..tenho muita vergonha por isso...parabêns Poly e espero conseguir vencer essa luta tbem...meu marido vai me ajudar...um abraço a todos

Poly disse...

Boa noite anônima que escreveu dia 15/01/2013 é a Polly, tudo bem?

Realmente é como vc disse: SÓ DEUS PODE TE AJUDAR A VENDER.......pois só ELE pode entrar e curar a dor na alma que sentimos, não é mesmo....todos os dias levante da sua cama e diga: EU NASCI PRA VENCER EM NOME DE JESUS. Eu dizia isso e até hj continua a dizer..traz fé ao coração em qualquer dificuldade. E lembre-se que JESUS já morreu por vc na cruz e desde aquele tempo ELE sabia que vc existiria e que iria passar por isso, mas lá na crus ELE conquistou essa vitória para vcs...então creia e não desista....

Quando for fazer as sessões não deixe o cansaço do dia-a dia vencer vcs....faça o tratamento tds os dia....incentive seu marido...fique calma e confie nele, que ele não irá te machucar...e siga assim como escrevemos na nossa história no início do blog,,,
Para seu marido meu esposo diz: cara sei que não é fácil...mas não desista...só vc pode ajuda-la. Seu comportamento é fundamental...demorei pra perceber isso mas quando entendi que a minha atitude era peça fundamental..aí começamos a evoluir..seja carinhoso...cuidadoso..mostre a ela que vc entrou nesse jogo pra ganhar...ela vai ver seu entusiasmo e confiança e vai acreditar que será diferente...que vcs vão conseguir....e a cada evolução..mesmo que imperceptível comemore, pois, isso a incentivará...
Eu não consegui conversar com ninguém só com Deus...até pq isso a envergonhava e a mim tbm, pois como homem me sentia mto mal...porém a ajuda que eu precisava só poderia vir de Deus....Busque tbm a ajuda de Deus...é meu conselho mais valioso....
Pense que quando vcs conseguirem será muito recompensador para os dois..falo isso por experiência própria...
Qq coisa nos escrevam estamos dispostos a ajudar...

Poly disse...

Boa noite anônima do dia 22/01/2013 td bem é a polly..
Fiquei feliz com o seu otimismo e tbm por minha história ajudar tantas vidas assim...sei que foi esse o propósito de Deus pra nós quando passamos por isso...e deus quer sempre que ajudemos as pessoas quando passamos por dificuldades...
E quando vc conseguir...divulgue sua vitória....

Poly disse...

para as duas últimas anônimas:

Nós não conhecemos vocês...mas Deus conhece...e nós estaremos orando por vcs...

Anônimo disse...

Boa tarde. Tenho 28 anos e namoro há seis meses. Nunca tive relações sexuais e este é o meu primeiro namorado sério mesmo. Sentia mta vontade e desejo em ter relações sexuais com ele.
Então, há dois meses atrás, decidi ter relações sexuais com ele. No dia tava td ótimo, estava com mto tesão e ele tbém. Teve mtas preliminares e ele sabia q eu sou virgem. Ele foi super carinhoso comigo. Ele me deixou super excitada e eu estava bem lubrificada. Só q simplesmente não entrava. Confesso q estava um pouco tensa e minhas pernas tremiam. Ele disse q sentiu dor tbém.
Aí resolvi ir na ginecologista antes de tentar a segunda vez. Ela me disse q era normal isso e q eu tinha q relaxar mais. Ela me falou tbém q ela era terapeuta sexual tbém, mas como eu só tinha tentado uma única vez, ela disse q não era conveniente me indicar ainda qualquer tratamento. E q era preciso q eu tentasse mais vezes.
Acontece q eu já tentei mais duas vezes e nada. O meu namorado acha estranho eu sentir dor só de tocar com os dedos. É normal sentir dor só de tocar com os dedos? Pode ser alguma infecção ou irritação? Pode ser vaginismo? Vc acha q devo ir na ginecologista de novo, ou devo tentar mais vezes? É normal a mulher tentar algumas vezes e não conseguir?
Pelo fato de eu ser virgem, posso introduzir cotonete ou o dedo na vagina para ir relaxando ela um pouco? Por favor, me ajudem. Meu namorado é mto carinhoso e tem tido mta paciência comigo, mas tenho medo de que ele se canse de mim e me abandone.

Anônimo disse...

não sei oq mas posso fazer sou casado a 15 anos e já desistir de tentar e agora nosso casamento esta chegando ao fim

Anônimo disse...

oi Poly..sou a anomima do dia 22.01.2013...desdo dia q li sua historia fiquei muito motivada a tentar tbem, meu marido leu sua historia achou super bonita ..mas depois nem comentou mais sobre o assunto, enfim...comecei a fazer as sessões sozinha, me senti mais a vontade assim, dai comecei com o cotonete como vc...é mto dificil dificill demais..mais introduzi, depois tentei 1 dedo...2 dedos e cheguei ate comprar um penis de silicone pra me ajudar tbem...enfim...hhoje esta completando 17 dias que li sua historia e ontem a noite eu consegui introduzir o penis de silicone inteiro..nem acreditei, ardeu pra entrar..mas entrou..dai hoje fiz mais uma tentativa..e entrou com mais facilidade, isso sempre usando lubrificante, pois era tão tenso que em nenhum momento chegava a ficar excitada...to muito mais muito feliz mesmo...agora não contei pra meu marido que eu tava tentando...e agora como falo pra ele...ou só deixo acontecer quando nós fomos tentar, pois ja faz tempo ..uma semana mais ou menos, que agente não tenta..ele deve estar com o psicologico abalado demais..mas da próxima vez que agente tentar..tenho certeza que vai acontecer a penetração...to muito feliz...obrigada pela força!!!!!! NEEM TO ACREDITANDO....MUITO OBRIGADA JESUS.

Anônimo disse...

Olá anônima de 23/01/2013

Não desista, não. A dor da separação é bem maior do que a dor do vaginismo. Eu experimentei as duas.

Já publiquei aqui minha experiência. Estou publicando novamente, quem sabe te ajuda.

Tive vaginismo. Nunca tinha conseguido transar até fazer os exercícios. Procurei ginicologista, mas não resolveram no meu caso. Eram extremamente desinformados. Recentemente eu me curei. Fiz um acompanhamento com sexólogo via msn, já que onde moro não tem este profissional.
O segredo é a disciplina, persistência e respeito com si mesma. Abaixo colocarei algumas dicas do meu tratamento. Mas acho prudente você procurar um ginicologista primeiro.

1º - É importante fazer os exercícios num momento calmo...desligue celular, tv, computador. Coloque uma música. Sei que parece rídiculo, mas as vezes a gente precisa criar algumas fantasias eróticas para conseguir praticar os exercícios. Por isso, caso seja necessário se permita imaginar cenas de filmes...use a imaginação...isso torna as coisas mais fáceis. Consegui fazer isso poucas vezes.

2º - Eu comecei com o dedo indicador. Deve estar limpo. Esta fase é pra você reconhecer o seu corpo.
Introduza o dedo devagar até onde vc aguentar. Se doer para...dá um tempo...minutos...horas e tenta novamente.
O segredo é a disciplina na realização dos exercícios. Não desistir. Eu não consegui de primeira. Mas persisti.

No início eu fazia todos os dias. Depois três vezes na semana.
Quando estava cansada...entedeada eu não fazia.

Importante: Quando você conseguir introduzir o indicador. Não passe para outro dedo. Fique pelo menos uma semana. Faça com o dedo na vagina movimentos circulares, pra cima, pra baixo, direita, esquerda... sempre apertando um pouquinho só. AH!!! passe gel pode ser KY no dedo e na vagina ajuda bastante.

3º - Conseguiu o indicador, passe para o dedo médio. Faça os mesmos movimentos.

4º - Usar velas comum com gel e preservativo.
Comece com a vela nº 06 ou se achar mais fina pode usar. Os movimentos são os mesmos. Abuse do gel. Coloque devagar. Se doer para.
Tira e coloca várias vezes até onde conseguir. Respeite o seu limite.
Tente o tempo que for necessário.

Conseguiu com a vela nº 06 passe para nº 08 até a nº 10.

6º - Comprei vibradores finos... pra começar são ótimos. Tem uns plugs anais que são excelentes. Eu comprei na net.
Dê preferências para os de silicone ou outro material macio. Que tenha a ponta fina.

Os movimentos são os mesmos feitos com os dedos.

7º - Escolha uma posição confortável. Eu comecei deitada de costa. Depois eu fui variando a posição. Sentei... fiquei em pé. Mas tudo no seu tempo. As vezes vc pode ficar vários dias no mesmo no mesmo exercício. Isso não quer dizer que vc não está evoluindo. Esses exercícios é uma forma de desensibilizar a região da vagina. Então, faça com carinho...é um momento seu. Não tenha medo de mudar de posição.

Se começar com o dedo for muito... comece com o cotonete. Isso varia conforme o caso.

Com três meses eu fiquei curada...o tempo varia de pessoa para pessoas...mas, os exercícios me ajudaram muito...paguei o psicólogo virtual durante acho que uns 2 meses...depois fiz sozinha e deu certo.
Estou torcendo por vc


Maria do Céu

Anônimo disse...

Maria do Céu, quem foi esse psicólogo que vc consultou?

Anônimo disse...


charleswb@hotmail.com - o nome dele é Charles Rojtenberg.
Ele é muito bom. Fiquei curada mesmo. O tratamento foi via web. Achei que não ia funcionar, mas funcionou. Mas, cada caso é um caso. Não custa tentar. Eu tentei de tudo...até que consegui. Um abraço...
Maria di Céu

Anônimo disse...

não sei oq mas posso fazer sou casado a 15 anos e já desistir de tentar e agora nosso casamento esta chegando ao fim

Anônimo disse...

Descobrir esse blog meu deu esperança, pois vi que não estou sozinha nessa luta, que não sou anormal e que posso me curar também!!!

Anônimo disse...

E dificil

Anônimo disse...

Adorei esta resposta!


Anônimo disse...

Ainda bem que tem pessoas de Deus para nos ensinar a coisa certa sem esta epecando!

Anônimo disse...

Obrigado amiga conseguir tirar minha duvida pois esta certo eu li na bíblia e esta escrito que o homem não tem autoridade sobre o próprio corpo e sim a esposa da mesma forma a mulher não tem autoridade no próprio corpo mas sim o marido ( 1co7:4 ) gracas a Deus você foi usada por ele para nos mostrar a forma certa vou fazer estes exercícios desta forma com as maos do meu marido pois meu corpo pertence a ele isto e maravilhoso diante de Deus que Deus continue te usando e sei que minhas outras amigas que contaram a historia delas neste site vão deixar a forma pecaminosa que elas estavam fazendo e farao da maneira que agrada a Deus com a consciência limpa diante dele que Deus abençoe a todos em nome de Jesus!

Slad disse...

Nem sei como agradecer estou casada há dois anos e tem sido tão dificil eu sinto vontade de tudo, mas quando chegar na hora minha pernas doem tanto e chego soar frio, minha mãe fica me pressionando dizendo q tenho q resolver essa situação, na minha cidade não tem terapeutas indicado, e fui em um ginecologista que me deixou ainda mais constrangida e pressionada. Meu marido as vezes fica nevoso. Ele costuma dizer que bati o record que ninguém vai acreditar em tanto tempo, mas fiquei mais aliviada em saber que não sou a única. Conversarei com ele sobre o assunto e mostrarei o post e as diversas experiências. E ei de conseguir com fé em Deus.

Anônimo disse...

Por favor, alguem me ajude, estou desesperada, achei que eu fosse a unica mulher com esse problema. Somente eu e meu marido sabemos que eu tenho vaginismo, estou depressiva, preciso de ajuda, pois nao vejo uma soluçao pra mim.

Pole disse...

leia a jistória do inicio deste blog em como Deus ajudou meu marido e eu a nos ajudarmos a vencer o vaginismo...creio que assim como ele me ajudou ajudará vcs tbm..tenha fé em Deus e não desista.....

Aline M disse...

Casei ha 8 dias, sempre fui independente sobre tudo, e me deparo com tudo isso. estou D E S E S P E R A D A... Queria conversar com alguem que se curou pelo whats, face, qualquer coisa, estou angustiada, socoorro! Comecei a fazer meus proprios exercicios, vejo pouquissima evoluçao... alguem pra conversar por favor...

gabriela disse...

Oi pessoal vamos fz um grupo no wats p podermos conversar e dividir nossas experiências o q vcs acham?

Anônimo disse...

Olá. Josi. Eu preciso muito de ajuda. Tenho 10 anos de casada e não consigui ainda perde. Minha virgindade não sei mais oque fazer. Pelo amor de Deus me ajudem quero morrer

Postar um comentário

Que bom que vc decidiu compartilhar sua luta comigo! Vamos vencer, tenho certeza!
Agora eu aprendi, então, depois de comentar, pode voltar aqui que vai ter uma respostinha minha, tá?
Bjs