sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Minha 7.ª Consulta

Olá, pessoal!
Ontem foi a minha sétima consulta! Nem eu acreditei quando contei e vi que já fui lá tantas vezes! Ele logo perguntou sobre o blog, eu contei o que eu escrevi e ele me deu uma bronquinha, disse que o fato de eu ensinar a fazer o relaxamento aqui, pode gerar uma "auto-medicação" na galera... EU particularmente acho que esse exercício não será capaz de nenhum efeito colateral, mas td bem... o que ele disse foi que o exercício pode não ter efeito algum se estiver dissociado do acompanhamento terapêutico... bom, não sei...
Tenho que confessar que estou com a sensação de que não sai do lugar, contei um pouco sobre o meu trabalho pra ele (nunca tínhamos falado disso), conversamos sobre a minha semana, falamos sobre os exercícios...
Ele achou que eu evolui bastante com o relaxamento 1 e me deixou ir pro 2! Eu fiquei bem feliz com isso, pq foi mais um passinho, né? Fora isso, ele disse que essa semana terei que fazer a massagem com talco... pra mim talco é coisa de criança ou de vovozinha, mas td bem... meu marido que odiou a notícia, ele disse que detesta talco, MAS como é pro meu tratamento, vai ter que fazer!!! hehe
Falamos sobre o exercício do espelhinho e eu disse a ele que me senti meio ridícula e "fora de contexto" fazendo um exercício de me observar com a idade que eu tenho, sei lá, eu já tinha feito isso quando era adolescente, já sei onde ficam as coisas (certo que eu nunca tinha "encarado" a minha uretra, mas td bem), fiquei meio triste constatando que com 28anos ainda tenho que fazer um exercício de descoberta como esse, sei lá, pareceu que me fez regredir ao invés de progredir... Ah, sei lá, achei chato...
Bom, outra coisa que eu não gostei muito de ontem, tava falando pro Dr. que o meu marido não vê a hora que a massagem evolua e que o "bumbum" possa participar da brincadeira. Aí ele fez uma cara estranha e me mandou repetir, eu repeti e ele continuou com a cara estranha... depois de alguns segundos tentando adivinhar o que ele tava querendo dizer com aquela cara, consegui descobrir que ele estava incomodado com a palavra "bumbum", que essa palavra é infantil e que eu deveria dizer "bunda". Ah, fala sério, eu acho "bunda" uma palavra chula, num quero falar assim, será que toda mulher que não é infantilizada e que não tem vaginismo fala bunda? Com certeza não...
Além disso, ele disse que vai demorar muuuuuuuuuito (ele deu essa ênfase) pro bumbum (o blog é meu, eu escrevo como eu quiser! hahaha) participar da massagem, ou seja, me desmotivou completamente quanto a evolução do tratamento...
Desculpem, amigas, mas estou de novo achando um saco e uma demora sem fim esse tratamento com o terapeuta... Depois dessas coisas nem tive vontade (nem tempo) de perguntar a ele a respeito dos dilatadores, certamente ele virá com aquela história de que eu não preciso me antecipar e tal e coisa... tô com vontade de comprar mesmo assim!
Ai, que post chato, né, gente? Desculpa, mas tem dias em que a gente pára pra pensar nas coisas e dá essa sensação de saco cheio de tudo...
Quem sabe mais tarde eu volto com um post melhorzinho...
Bjs

8 comentários:

k disse...

Olá Daniela!
Sabe que por acaso eu nunca contei à minha médica que tenho um blog, com medo que ela pudesse achar uma coisa desse género, ou que eu estou a usar o tratamento específico dela no meu blog, por isso se calhar às vezes não sou tão explícita quanto queria, mas acho que não tem problema nenhum escrever (só não o faço mais com medo que a mulher vá pesquisar e encontre o meu blog...sou meia tontinha nao sou?haha).
Olha, não te posso dizer que sou daquelas que dizem bunda ou das que dizem bumbum...porque aqui em Portugal esse senhor tem outro nome: é rabo mesmo (haha).E acho que não há nenhuma "palavra mais carinhosa" para cchamá-lo, que me esteja a lembrar.
Mas não desanime por ele ter dito que falta muito tempo para chegar ao rabo (desculpe, não consigo escrever em brasileiro, parece que não sou eu a falar :) ), até porque, primeiro, o rabo não é o centro do tratamento e, segundo, quem sabe se ele não lhe manda fazer algum exercício sexual (tipo tentar inserir o tampao) mesmo quando ainda estiver fazendo essa massagem. Pode acontecer não pode? Por isso faça me o favor de não desanimar, viu :)?
Beijos grandes amiga.
K.

Anônimo disse...

Dani,

Acho que somos bem parecidas mesmo!!! Qual o problema em falar bumbum??? Não vejo problema nenhum.
Ou será que tem? rsrsrs
Acho que vou perguntar pro meu terapeuta na próxima sessão. Estou lendo todos os seus posts, agora é diferente, vou te conhecendo melhor. Ahh, estou aguardando a resposta no seu post para a minha pergunta.
Bjs, C.

Anônimo disse...

Dani...por favor não deixe de compartilhar suas lições de casa conosco ... eu tenho anotado tudo para fazer os exercícios conforme você tem ensinado, não sabe o quanto tem me ajudado!
Um beijo

Ane disse...

Oi flor criei um blog só para poder trocar idéias com todas vocês!
Um beijo

Amor perfeito disse...

Amiga!

Desânimo não!!! rs

E nem pressa: tenha paciência e curta a fase do creme, do gel, do talco... sem ou com bunda!! hahahaha

O fato é que há relatos de que mesmos os exercícios mais estranhos, no fim, têm sua razão de ser e ajudam na cura (não é, K?).

Paciência, amiga! E concordo com a amiga acima: não deixe de contar pra gente sobre seu tratamento. Só ajuda!

Bjs e bom feriado

Permitir disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Permitir disse...

Siga direitinho as instruções do teu terapeuta, pensa que muitas pessoas gostariam de ter este acompanhamento profissional e não podem, por isso aproveite ao máximo tudo que a terapia pode te oferecer. Sei também que queremos sempre o resultado imediato, mas a qualidade do teu sucesso depende do tempo, tenha muita paciência!!
E não deixe de postar aqui, vc esta me ajudando muuuuito!!!

Abração

Daniela Barros disse...

Oi, Permitir!
Seja bem vinda ao meu bloguinho! Que pena que vc ainda não encontrou um terapeuta na sua cidade, continue procurando! Deve ter alguém pra te ajudar!
Obrigada pelos conselhos, não vou desistir da terapia antes de me curar, mas gosto de desabafar aqui e sempre falo o que estou sentindo, independente de ser bom ou ruim...
Vou postar sempre, viu? É bom saber que estou ajudando alguém! E saibam que vcs tb me ajudam muito vindo aqui compartilhar!!
Bjs

Postar um comentário

Que bom que vc decidiu compartilhar sua luta comigo! Vamos vencer, tenho certeza!
Agora eu aprendi, então, depois de comentar, pode voltar aqui que vai ter uma respostinha minha, tá?
Bjs