sábado, 12 de junho de 2010

Descobri que tenho vaginismo e pensei em fazer uma cirurgia de retirada de hímen, você acha que vai resolver meu problema?

Essa é uma pergunta que mostra mesmo o desespero da pessoa com vaginismo. Eu entendo que tem um momento na nossa vida em que a gente já está cansada de tentar conseguir pelas vias comuns e a gente quer mesmo resolver isso de outra forma, do tipo: com pomada anestésica, com bebida, com calmante, com cirurgia... Qualquer coisa! A gente num quer nem saber do nosso prazer, a gente quer é arrumar uma forma de não perder o namorado/marido!
.
Infelizmente, até o momento não inventaram uma maneira de resolver o vaginismo de um dia para outro. Nenhuma dessas alternativas que eu expus pode dar algum resultado e basta a gente entender o vaginismo para ter isso claro.
.
Olha, vc tem um corpo absolutamente normal mas, por algum motivo (que não é físico), você não consegue permitir a penetração. Oras, se o motivo que impede a penetração não é físico, como isso poderia ser resolvido com um procedimento cirúrgico?
.
Há casos sim em que a menina tem o chamado "hímen impenetrável", mas nesses casos ela nem menstrua! Pq como o hímem não pode ser penetrado, a menstruação fica presa lá dentro... Ou seja, vc menstrua? Então pronto, amiga, tem um buraco aí e se por ele sai sangue é perfeitamente possível que entre alguma coisa.
.
Em casos de hímen impenetrável, realmente a cirurgia é a solução. Pq vai lá, tira a pele que impedia a penetração e pronto acabou, pode colocar o que quiser lá dentro. Agora se não for o caso, não vai adiantar nada...
.
Veja bem, vc vai lá faz uma cirurgia e retira o hímem, aí depois da recuperação (que eu não sei como é, mas deve ter), vc vai tentar namorar teu parceiro, aí o que acontece? Sua vagina se fecha e o pênis não entra! E pq? Pq o motivo que inconscientemente te impedia de permitir a penetração continua lá escondido no fundo do seu cérebro e cirurgia nenhuma vai tirar ele de lá, né?
.
Então, nem pense em fazer uma cirurgia dessas! E, se seu ginecologista sugerir isso, procure uma segunda opinião!
.
Bjs
.

Post criado e publicado em data aleatória para atender ao post principal do FAQ (Frequently Asked Questions). Se você chegou aqui por outro meio, ou quer voltar ao post principal, clique aqui.

26 comentários:

Anônimo disse...

Tenho 33 anos, e até hoje não consegui uma penetração total! Sempre namorei muito e tive intiminade sexual com todos meus namorados, mas nunca penetração, nem de dedo! Me casei com 28 anos, achei que não deixava chegar nos finalmente, porque no fundo, no fundo, queria me casar virgem ou tinha medo de engravidar...pois bem, descobri depois do casamento que tinha vaginismo, passei por várias psicólogas, mas nunca conclui o tratamento com nenhuma delas! Fiquuei por 6 anos com meu marido, e finalmente decidi me separar, e deixá-lo tentar ter uma vida sexual satisfatória, e finalmente ser pai, que é o grande sonho dele! Eu ainda quero ser feliz e vencer isso, descobri o blog por meio da minha ginecologista, gostei muito e deixo aqui a minha história.

Anônimo disse...

http://revistamarieclaire.globo.com/Revista/Common/0,,EMI285972-17596,00-O+BOTOX+SALVOU+A+MINHA+VIDA+SEXUAL.html

Leia esse artigo amiga, talvez isso possa te ajudar. Eu vou tentar, se deu certo com alguém, pq não comigo também. Afinal hj em dia o botox é usado para muitas coisas além de pura estética.
Bjusss
entra no meu blog:
http://vaginismoeeupormabi.blogspot.com/

Brunacastelli disse...

Gente, eu tenho 21 anos e até hoje nao consegui perder minha virgindade, to desesperada aki, doi demais quando ele coloca o penis, to querendo ser virgem pra sempre, ou passar por uma cirurgia, pq nao é normal, tanta gente consegue e eu não.. alguem pode me ajudar?

Anônimo disse...

Nossa Bruna achei que só eu sofria desse mal tenho 21 anos e tbm não consigo perder minha virgidade, tenho vaginismo e não sei o que faço =/
TUDO O QUE VOCE ESCREVEU E COMO SE EU TIVESSE ESCREVIDO sinto a mesma coisa...

Anônimo disse...

Tenho 26 anos, tenho o hímen intacto, e não tenho coragem de fazer penetração penis/vagina, já tentei, mais me travo, sinto dor, tenho medo,(pavor de sentir dor, quando sei que vou menstruar por exemplo, tomo analgésico antes de começar a sentir dor) meu ginecologista sugeriu remover o hiem com cirurgia,me garantindo que depois dela, não sentirei mais dor, e por isso não preciso ter medo, será que faço?

Anônimo disse...



Sobre a correção do vaginismo através de cirurgia de ruptura do hímem: É ineficaz.
Digo por experiência própria, meninas, pois fui "premiada" comos dois males: hímem complascente (também rotulado de 'impenetrável') e vaginismo também. É errado dizer que quem tem hímem complascente não menstrua, pois eu fui examinada por dois profissionais e ambos confirmaram que o hímen estava intacto, mesmo após ter tido relações sexuais, e sempre menstruei normalmente.
A ruptura do hímem diminui a dor do próprio hímem no meio da passagem, apenas, mas não elimina a dor no início da penetração, pois o músculo que se contrai não é o hímem. Digo isso porque operei recentemente e fui ter relações sexuais depois e ainda doeu ABSURDAMENTE, tanto que a penetração nem chegou a ocorrer. Hoje busco medidas mais ousadas para curar esse inferno, tais como cirurgia do músculo interno da vagina, hipnose e até simpatias. Estou pondo fé em quase qualquer santo (mesmo não tendo religião), pois viver com isso é um inferno, e o tratamento tradicional é por meio de ''exerícios'' que exigem que você penetre dedos e consolos de diversos tamanhos, do maior ao menor, e eu sou incapaz de introduzir qualquer coisa em mim mesma.

Anônimo disse...

Gente eu tenho 21 anos e sou casada há 1 ano e 3 meses.Nunca consegui ter uma relação sexual e estou indo atrás de tratamento.Porém além do vaginismo meu hímen é muito carnudo estou pensando em fazer a cirurgia e o tratamento com a fisioterapeuta .Sofro muito com isso, mas estou disposta a tudo para me curar.Espero que todas nós consigamos:)

Anônimo disse...

Hj minha médica me deu a opção da cirurgia, mas antes tentarei os exercícios que ela passou, mas como tb tenho dificuldades em inserir algo em mim; talvez aceite pra tentar ser feliz e livrar meu marido desse pesadelo.

Anônimo disse...

Tenho 24 anos, tenho medo de nunca conseguir penetração, já tentei muita coisa, bebida, maconha, transar com amor, sem amor, com mto lubrificante, com xylocaina...nada funciona..é muito triste essa situação, às vezes acho que nunca vou conseguir.

vitoria disse...

Achei que só eu sofria desse mal terrível,tenho 30 anos e a anos sofro com isso,sou casada a 5 anos ,mas convivo com meu marido a 10,eu já desisti de sentir prazer,gostaria de satisfazer a ela,pois ,por mais que eu não consiga satisfaze-lo com uma penetração,ele nunca reclamou,sempre paciente,sempre do meu lado,sempre me incentivando a procurar ajuda.meu sonho é ser mãe e por conta disso que não sei de onde surgia(pois nunca tive trauma sobre isso) me impede.Li cada um dos depoimentos e senti como se fosse eu que estivesse falando,toda noite quando vou dormir ,me sinto mto triste,pq meu marido já sabe que criei uma repulsa por sexo e não insiste muito,choro baixo pra ele n escutar e se senti culpado,tenho um amor grande por ele,e sei que ele por mim,porque se não ja teria me abandonado e procurado alguém que o satisfaça,nunca brigamos a ponto de dormirmos separados.Na minha cidade não tem um profissional que trate desse assunto,fui a um ginecologista mas ele diagnosticou um cisto na uretra,fiz uma cirurgia mas nada mudou,estou cansada,magoada,minha auto estima super baixa,n me sinto uma mulher completa,mtos falam que sou bonita,mas quando escuto isso ,falo em pensamento: bonita ,mas inutil na cama..se eles soubessem...Eu não aguento mais ,queria tanto me livrar disso,acho que passaria uma semana inteira fazendo amor com meu grande amor rsrsrsrs e meu casamento seria perfeito,pq ele faz de tudo pra q eu n me sinta assim inferior ,ele me faz feliz e n me cobra nada,mas sei que pra ser feliz de verdade tenho que me sentir mulher por ele e por mim,principalmente por mim.Ah,rsrsrsrsrsr tem uma anônima ai que disse q ja tentou com xylocaina,eu ja pensei em tomar boa noite cinderela(meu marido não permitiu),e também ja quis tomar o anestésico que Maycom Jackson tomava,tbm ja desejei ser estuprada,puro desespero de alguem que não suporta mais essa situação

Anônimo disse...

fgsdf

Anônimo disse...

olá anonimo do dia 21 de janeiro de 2013
O hímem complacente permite a passagem da menstruação e também a do pênis,pois ele só dilata mas nao se rompe ,geralmente só se rompe no parto normal ,o hímem imperfurado que é impenetravél pois ele reveste todo o canal vaginal ,é necessário fazer cirurgia para abrir um orificio para liberar a passagem da mesntruação.No caso do vaginismo o problema é mais psicológico do que fisíco ,a mulher trava na hora da penetração por medo ,ansiedades ou traumas,ou seja mesmo que ela faça a cirurgia para retirada do himem ,ainda poderá sentri dor se o problema for o vaginismo

Vaginismo - Rumo à Cura! disse...

Meninas, visitem o meu blog. Abraços.:)

http://vaginismorumoacura.blogspot.com.br/

Vaginismo - Rumo à Cura! disse...

Meninas, visitem o meu blog. Abraços.:)

http://vaginismorumoacura.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Meninas tenho37 anos e acredito ter vaginismo, não consigo penetração, tenho dores, e me sinto frustrada por não satisfazer o parceiro. Já tentei por diversas vez e nada... Sei que o problema sou eu, então vou ao ginecologista, preciso saber se a operação resolvera meu problema será? Ou continuarei com dor e falta da penetração...

Anônimo disse...

L

Silvia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Há alguns meses eu nem sabia que existia vaginismo. Descobri quando fui pesquisar as possíveis causas de eu sentir tanta dor na hora da penetração. A minha primeira experiência sexual foi traumatizante porque, embora o meu parceiro tenha sido o cara mais paciente e atencioso do mundo, eu simplesmente não conseguia permitir a penetração e qualquer tentativa era muito dolorosa. No começo eu achava que era por ser a primeira vez, mas ainda hoje basta eu abrir as pernas para que a entrada da vagina se feche.

Já tentei outras vezes, e até já consegui inserir todo o pênis, mas nada sem que eu tenha sentido muita dor. Quando ameaça ter penetração a minha lubrificação simplesmente cessa e as coisas ficam ainda mais difíceis.

Eu, particularmente, já não tenho o menor ânimo para continuar tentando. Acabei até mesmo me afastando de um dos caras mais legais que eu já conheci na minha vida, porque eu não queria envolver ninguém num problema que era só meu.

Anonimo disse...

i

Anonimo disse...

Tenho 30 anos e sou casada a 8 anos. Decidi na época me casar virgem. Foi horrivel a lua de mel, mas a principio apenas achava frescura minha e tentava desesperada tranzar. Comecei a achar que algo estava errado comigo, até então eu amava o prazer, namorar...enfim.
Bebi bebidas alcólicas, tomei relaxantes musculares, tentei enfiar diversos obejetos, e nem mesmo meu dedo, eu consigo, fui a varios ginecologistas que me diziam que era perfeitamente normal, pois são poucos os que tem esse conhecimento. Usei xilocaina, fiz oração, propositos, até que o ano passado operei, ainda acreditava que iria conseguir. Foi em vão. Mas não me arrependo nenhum pouco, pois pra mim, já era uma questão de honra tirar esse hímen de mim. Hj eu e meu esposo temos um amor fraternal. Somos irmãos. Não namoramos a anos, mas nos desejamos mto bem, somos amigos inseparáveis. Não gosto de sexo, até adquiri nojo. E me conformei. Pois coloquei na minha cabeça que, há pessoas que não podem andar, falar, ver, escutar, entre outras deficiencias...
Eu não posso tranzar e graças a Deus não sinto vontade, pois acho que seria bem pior. Não sou feliz com isso e acho q isso me traz vários problemas internos, como uma tristeza constante. Mas..... fazer oq mediante a uma patologia que nenhum médico tem a cura e alguns até desconhecem o caso.
Com tudo me sinto bem e saber que não sou louca, fresca, ruim, pois vejo que não estou sozinha nessa questão, podendo saber um pouquinho das colegas que infelizmente vivem esse desanimo.

Princesa disse...

Anonima de 11 de Abril por favor não desista da cura, visite o blog:http://vaginismorumoacura.blogspot.com.br, lá vc encontrará ajuda

Anônimo disse...

ok, to tentando entender esse mundo, minha esposa disse que uma ginecologista fez um exame e detectou que seu hímem é impenetrável, quantas dúvidas, pois se é impenetrável como consegue menstruar ja que tem um orifício como foi dito e, vaginismo então é mais um mal de carater psicologico( ou seja doença na mente o pensamento dela esta diretamente ligada ao momento da penetração, se vai ou não doer, do que propriamente físico.

Unknown disse...

tenho mas ainda estou tratamento n obeteve soluçao sera que tenho cura acho q e de mente

Anônimo disse...

Ola, passo pelo mesmo problema.tenho 33 anos. Namoro há 5 anos e não consigo penetração. estou ficando frustrada pois acho que nunca vou conseguir ter penetração com meu namorado. O que faço? Até com o dedo dói muito, ele tenta mas dói muito e eu peço pra parar e claro, ele para. Embora ele seja muito paciente (o que as vezes me irrita pois fica todo cheio de cuidados e pedindo desculpas) muitas vezes chegamos a desistir até de outras formas de carícias. O que você sugere?

Anônimo disse...

Depois de ter anos tentando uma vida sexual descobri que tinha vaginismo, em uma consulta com minha ginecologista, depois que ela me disse procurei mais sobre o assunto depois de entender bem o que estava acontecendo, comprei os dilatadores pela internet, no primeiro dia consegui por 5 com bastante lubrificante e no segundo dia consegui o outro e consegui a relaçao completa, porem edtou fazendo algums exames por que nao tenho uma boa lubrificaçao e por isso tambem gerava a dor, mas enfim estou curada... graças a deus...

Anônimo disse...

Ola meninas eu tbm passo pelo mesmo problema,fui em vários ginecologistas e ultimo que fui falou que eu preciso fazer cirurgia,tenho vaginismo mesmo..mas ouvi comentários que não adianta,gostaria de saber porque tbm é um procedimento que tem um custo alto,sei que nessa hora corremos pra todos os lados mas gostaria de saber se alguém já passou pela cirurgia e se mudou alguma coisa..bjos obrigada..tamos juntas

Postar um comentário

Que bom que vc decidiu compartilhar sua luta comigo! Vamos vencer, tenho certeza!
Agora eu aprendi, então, depois de comentar, pode voltar aqui que vai ter uma respostinha minha, tá?
Bjs