sábado, 12 de junho de 2010

Como devo fazer os exercícios com os dilatadores?

Essa é uma boa pergunta! Na verdade, não há uma receitinha, mas posso dizer como eu pratiquei e como as meninas com quem me correspondo têm praticado.
.
É o seguinte: para fazer o exercício com os dilatadores é sempre bom estar bem relaxada, então vc pode tomar um banho relaxante ou praticar um exercício de relaxamento (como este aqui) antes de começar ou no meio do exercício se ver que ficou muito tensa e tá difícil de continuar.
.
É importante também destacar que o exercício com os dilatadores só deve ser feito depois do exercício do espelhinho, pq pra colocar alguma coisa lá dentro é bom saber onde é o buraco e coisa e tal, né? Outra coisa: é sempre bom introduzir primeiro o seu dedinho na vagina pra conhecer bem como ela é, então, quando vc já estiver dominando bem a arte de colocar seu dedo, já tiver examinado tudo lá por dentro, aí sim é hora de partir pros dilatadores.
.
Digamos então que vc já fez tudo isso que eu falei, está com os dilatadores aí na sua frente e não sabe por onde começar. Então, vou te contar: os exercícios podem ser feitos de duas maneiras: tecnicamente ou "prazeristicamente". Se vc decidir pelo tecnicamente vai ser bem mais rápido, mas pode não ser tão mais fácil. Se vc decidir pelo "prazeristicamente" pode ser mais difícil, vc pode se sentir um pouco boba por estar brincando com um pênis de mentira, mas pense que é tudo por uma boa causa.
.
No caso de optar pelo prazer, vc precisa "se aquecer" com pensamentos, fotos, vídeos, estimulação manual do clitóris ou o que mais lhe apetecer. Depois disso, vc vai primeiro se exercitar com o seu dedo indicador como sempre fez, depois vc pega o dilatador mais fino, capricha na lubrificação (você pode usar aqueles lubrificantes comprados em farmácia, do tipo KY ou saliva mesmo se não tiver um desses, evite usar coisas que não foram feitas pra isso, tipo margarina, xampu, essas coisas... vai por mim, não dá certo!), aí vc vai tentar introduzir. Considerando que vc optou pela versão prazerosa do exercício, vc pode se estimular com o dilatador antes de tentar introduzi-lo, o que pode ser bem interessante pra aliviar a tensão em relação a ele.
.
Então vc vai posicionar o dilatador na entrada da vagina e fazer uma leve pressão para dentro, se estiver indo bem, continue firmemente, se não estiver indo tão bem, vá devagar, respire fundo e se precisar, pare de tentar introduzir e use-o para estimular-se novamente.
.
Bom, ok, digamos que vc conseguiu penetrar só uma parte e de repente emperrou, o que fazer? Vc vai deixar a parte que entrou lá dentro e esperar um pouco, respirar, se estimular um pouco mais se for preciso, ver mais fotos, mais vídeos, pensar mais umas sacanagens (hehehe), aí vc vai tirar ele e colocar de novo até a hora q doer outra vez. Vc vai repetir esse procedimento até entrar tudo, pq a cada vez que vc tirar e colocar novamente, a tendência é ele entrar um pouquinho a mais do que da última vez, certo?
.
Depois dele todo lá dentro, vc vai tentar fazer movimentos com ele. Sempre com muito cuidado e carinho, vc vai tirar e colocar novamente, vai pegá-lo e fazer uma forcinha pro lado direito, uma forcinha pro lado esquerdo, uma forcinha pra trás e uma forcinha pra frente, aí vc vai fazer uma rotação prum lado e uma rotação pro outro. Vc pode repetir esses exercícios quantas vezes quiser e pode ficar com o dilatador dentro de si por um tempinho. O ideal é que vc continue o exercício até o momento em que vc não se sinta mais incomodada. Pode ser que vc não consiga isso no primeiro dia, mas não desista, nem se decepcione, se vc já fez tudo o que podia naquele dia, pare o exercício e retome no dia seguinte.
.
Se vc achar que está ok praquele dia, vc pára e pronto; se achar que pode seguir e tentar com um próximo dilatador maior, pode tb. O que não adianta é vc querer passar prum próximo se se sentiu mal com o atual, aí não vai dar certo, portanto vá com calma, um passo de cada vez. Quando vc achar que está bem adaptada ao atual, vc pode passar para o próximo e seguir o mesmíssimo procedimento. A diferença é que vc vai sempre fazer o passo a passo: coloca o dedo, coloca o menor dilatador, coloca todos que vc está acostumada, aí então tenta o desafio. É importantíssimo demais fazer isso pra ir adaptando a vagina aos pouquinhos. Não é pq ontem vc conseguiu o número 3, por exemplo, que hj vc vai direto pro 4, vai com o dedo, vai com o 1, com o 2, com o 3 e só depois com o 4, entendido?
.
Se você escolheu o modo técnico do exercício, vai fazer tudo igual, menos as partes em que vai se estimular e se excitar. Eu, particularmente, não aconselho, pq fica mais difícil introduzir algo quando a vagina não quer que isso aconteça. Se vc se excita, ela vai ter vontade e isso vai facilitar as coisas, mas a escolha é sua! ;)
.
O importante é lubrificar MUITO e colocar com jeitinho. Se vc fez o exercício com o dedo, deve ter percebido que o canal vaginal não é retinho, perpendicular à entrada, vc percebeu que ele tem uma ligeira inclinação pra trás e essa inclinação deve ser levada em consideração na hora de introduzir alguma coisa (se vc não percebeu nada disso, faça o exercício com o dedo novamente prestando atenção nessa característica).
.
Sobre a posição em que vc fará a penetração. Essa é uma questão muito particular. Há mulheres que gostam de fazer de cócoras, enquanto se observam no espelho. Há outras que preferem de pé, com as pernas quase fechadas (era meu caso, no começo). Tem mulheres que preferem deitada com as pernas pouco abertas, outras com as pernas bem abertas... Tem mulheres que preferem no banheiro ou na banheira (atenção à lubrificação nesses casos). No escuro, no claro... Há muitas formas, é legal vc tentar várias até encontrar a que lhe é mais confortável.
.
Depois que vc já estiver praticando há algum tempo, vc pode tentar outras coisas, como colocar o dilatador numa cadeira e se sentar sobre ele, colocar e tirar várias vezes e bem rápido pra ir se adaptando aos movimentos que podem ocorrer na hora do sexo de verdade, aí vai da sua criatividade o que vc quiser experimentar. O exercício do dilatador é uma coisa sua e vc pode fazer da forma que quiser e tiver vontade.
.
Há tb as mulheres que gostam de dividir esse momento com o companheiro. Se for o seu caso, tudo bem, acho até legal pra ver como é que vc reage em frente a ele, se vc permite que ele tente inserir... pode ser sim, mas acho sempre importante que vc pratique algumas vezes sozinha, é bom vc descobrir coisas sozinha, antes de dividi-las com ele, não acham?
.
Bom, tomara que eu tenha esclarecido suas dúvidas, se não, pode perguntar aqui nos comentários que aí eu já respondo e todo mundo vê, ok?
.
Bjs
.
Post criado e publicado em data aleatória para atender ao post principal do FAQ (Frequently Asked Questions). Se você chegou aqui por outro meio, ou quer voltar ao post principal, clique aqui.

77 comentários:

Anônimo disse...

oi tudo bom.meu problema e que curto tudo simto muito prazer com meu namorado,mais nao comsigo aguentar a dor,a penetracao e pouquissima e a cada tentativa eu fico mais nervosa e nada relachada,e muito costrangedor.

Amanda disse...

nossa mto obrigadaaa tirou todas as minhas duvidas
to me sentindo ate normal depois dessa e naum um ET como sempre me sentia rs

Daniela Barros disse...

Oi, Anônima!
Que bom que vc sente muito prazer! Pensa assim: pelo menos vc num tem nenhum problema com isso, olha que ótimo! Eu sei como é difícil e constrangedor, mas vc tem que lutar pela sua cura, viu?
Não desista nunca e conte comigo!
Bjs

Oi, Amanda!
Que bom que agora vc se sente normal! Vc é normal, viu? Problema todo mundo tem, só precisamos lutar para resolver...
Boa sorte na sua luta!
Bjs

Anônimo disse...

Daniela!
Por meses venho procurando na internet algum site que me informe mais sobre meus problemas... encontrar seu blog foi um grande alívio para mim!
Terminei um namoro de 3 anos e não consegui nesse tempo todo ter relações sexuais com ele! Tentamos muito... mas a dor pra mim parece infinita e insuportável!
Estou namorando novamente, outra pessoa, e com esse novo início minhas esperanças se renovaram! Tenho muito medo de falhar novamente... mas fico me segurando pra não deixar que isso se torne um problema como foi no último namoro!
Quero muito conseguir...
Consigo introduzir um dedo, sozinha! Mas quando tentamos a penetração eu fico com medo e sinto dor!
Me ajude!
Vou acompanhar sempre o blog...
espero conseguir também!
Beijos

Daniela Barros disse...

Oi, querida anônima!
Que bom que um novo relacionamento te encheu de esperanças novamente! Tenho certeza que vc tem todas as chances do mundo de fazer diferente dessa vez! Se vc quer muito mesmo, vc vai conseguir!
Acho que esses seus exercícios sozinha são muito importantes. Vc conseguiu um dedo e como foi? Foi fácil? Toda vez que vc tenta, consegue? Pratique bastante com um dedo e depois tente praticar com um OB pra ver como rola. Quando estiver tranquila essa etapa, tente dois dedos e continue praticando até que fique tranquilo tb, depois vá pra três dedos e pratique tb. O ideal é praticar pelo menos 3 vezes por semana, pq a vagina acostuma e desacostuma muito fácil, então tem que manter uma rotina.
Quando estiver tudo ok com seus exercícios individuais, inclua o namorado. No dia de inclui-lo, faça primeiro vc, com um, dois e três dedos, depois deixe ele colocar um dedo, aí em outra oportunidade dois, depois três 9(tudo sempre respeitando o seu ritmo, se achar que pode avançar, avance, se estiver insegura, pratique mais o estágio atual).
Quando estiver colocando três dedos dele, é hora de tentar com o pênis, acredito que assim vc vai conseguir!
É importante tb que em todos esses exercícios, vcs aproveitem pra fortalecer a intimidade de vcs, com muito carinho, masturbação, sexo oral... e o que mais vcs tiverem vontade!
Boa sorte!
Bjs

Anônimo disse...

Só descobri q tenho vaginismo após passar por um grande trauma...Tive apenas 2 relações sexuais durante a vida, ambas dificeis de ter a penetração, mas achei normal, afinal eram as primeiras vezes...Só que isso faz muito tempo, desde então não tive mais relação. Porém a pouco tempo conheci um rapaz e ao tentar ter relação com ele, senti um pouco de dor (o que julguei natural, afinal estava sem fazer a muito tempo e estava ansiosa), porém ao ele retirar o pênis percebemos que eu estava sangrando...este sangrando se tornou uma hemorragia e fui parar no hospital!!!! Após isso a médica me informou que tenho vaginismo e que só posso ter relação sexual após me curar disso. Sempre tive problemas em fazer o preventivo e nunca nenhuma médica me tinha dito isso!! Estava me sentindo mto mal pois nunca tinha ouvido sequer falar disso, agora q acabei de achar este blog começo a ver que não sou a única a ter este problema, apesar de ainda não ter conseguido achar nenhum relato de alguma mulher que teve hemorragia devido ao vaginismo. Se alguma de vocês já ouviu este tipo de relato antes peço que postem aqui e gostaria de perguntar se alguém tem alguma terapeuta do Rj para me indicar?
Abraços.

Construtinta disse...

Oi!Bom venho sentindo esse problema desde que minha EX gineco quis fazer o exame em mim e eu não sabia nem o que era, ela me mandou trocar de roupa e não me explicou nada, eu deitei sem saber o que ela ia fazer, então quando ela introduziu lá dentro eu peguei a mãe dela e pedi que parasse, e ela não parou e ainda me xingou.Nunca mais vi ela depois daquele dia!Mas tmbm não consigo nem sentar na cadeira da nova gineco que quase ganho uns treco. Estou indo na psicologa, mas meu maior problema, é q eu não consigo tentar introduzir o dedo, n sei, quando penso nisso me da uma coisa. Estou tentando com um absorvente íntimo pequeno, mas consigo por só um pouquinho, não preciso nem mencionar que não consigo fazer do modo prazeiroso, minha psicologa diz que acredita que fui criada daquele jeito de quem leva tapas na mão quando mexe na parte íntima, acho tudo estranho, até nojento. Não consigo nenhum tipo de penetração com meu namorado. Me ajuda, por favor, o que posso fazer?

Dilatadores vaginales vaginismo disse...

Awesome post! Interesting info to know.It’s hard to find knowledgeable people on this topic.

Guantes DE Nitrilo disse...

This is more than an awesome blog, it's a contribution to the field of study on so many levels. Thanks for posting it.

Guantes De Vinilo disse...

Thanks for all the information. I really like the concept of this post and I feel that this is a very unique and rare information that you have managed to compile and hence I highly appreciate your post.

Daniela Barros disse...

Oi, anônima!
Olha, vou ser sincera contigo, nunca tinha visto nenhuma mulher diagnosticada com vaginismo que teve sangramento durante uma relação assim como vc relatou. O mais comum no vaginismo é a mulher não conseguir ser penetrada pq contrai e sente muita dor, então não costuma ocorrer o que vc relatou. Desculpe pela minha falta de conhecimento, mas eu achei bem diferente seu relato, nem tenho muita certeza se o diagnóstico está mesmo correto. Sabe, quando o assunto é vaginismo, acho que os médicos em geral não estão preparados. Eu, no seu lugar, procuraria uma fisio uroginecológica para investigar se é isso mesmo. Na minha opinião, fisio é o tipo de profissional mais bem preparado pra cuidar dos casos de vaginismo...
Sobre a terapeuta no RJ, tenho uma indicação sim, me mande um email que eu respondo!
Bjs e boa sorte! Depois venha nos contar o que aconteceu, por favor, aí poderei até fazer um post especialmente para esses casos!

Olá, Construtinta!
Se o tratamento com a psico não tem apresentado muitas evoluções, acho que seria legal vc procurar uma fisio uroginecológica. Vou dizer pq acho q esse profissional é tão bom: pq ele faz o exercício junto com vc. Tem gente que não consegue mesmo evoluir sozinha, e psico ou gineco normalmente num faz o exercício junto, já a fisio faz... Se informe na sua cidade se existe essa possibilidade e conte comigo pro que precisar, ok?
Bjs

Daniela Barros disse...

Nossa, quantos comentários em inglês, como o blog tá chique! =D Bom, vamos responder!

Hello, "Dilatadores Vaginales Vaginismo", "Guantes de Nitrilo" e "Guantes de Vinilo"!
I'm very glad that you enjoyed the post and I hope you come back again to follow the others stories.
Kisses
Dani

Anônimo disse...

Olá, Faz 4anos que estou tentando ter relações sexuais com meu marido, só que chega na hora eu travo e não vai, só a pouco descobri que era vaginismo, e estou fazendo um tratamento com uma sexóloga, só que já fui a duas consultas com ela e a primeira ela conversou comigo me explicou como é a vagina da mulher, e me falou para chegar em casa e colocar o dedo menor primeiro, e depois passar para o dedo maior, mas estou decepcionada por que quando voltei a segunda consulta, ela perguntou se eu tinha conseguido colocar todo o dedo, e eu falei que só tinha conseguido a ponta do dedo e ela não me explicou mais nada só repetiu que eu tinha que colocar um dedo primeiro, acho que ela deveria fazer isso junto comigo não?
Então, agora acho que vou parar de ir a sexóloga, e vou tentar fazer sozinha. Já estou conseguindo colocar três dedos e mexer para os lados sem nenhuma dor. O que você me aconselharia 1°fazer a terapia mesmo que a médica não dê todo o auxilio ou comprar um dilatador e fazer com a ajuda da internet? Desde já agradeço.

Daniela Barros disse...

Oi, anônima!
Acho que precisamos conversar... não entendi muito bem o que vc disse. Pq primeiro vc fala q só conseguiu a ponta do dedo, depois fala que consegue três já, mexe pra todo lado e num dói... ????
Se vc já consegue três dedos com toda essa facilidade que vc diz, acho que vc pode tentar um pênis de verdade mesmo que vai entrar, pq 3 dedos é uma grossura bem significativa...
Num dá muito pra eu dar palpite, pq eu num entendi bem... Se quiser me mandar email, a gente conversa!
Bjs

Medical Tourism Thailand disse...

Thank you for sharing such relevant topic with us. I really love all the great stuff you provide. Thanks again and keep it coming.

Eating Disorder Central London disse...

Good Information shared, But wondering too how people feel once they get to know they have diagnosed with such decease. God Forbid.

Anônimo disse...

por favor onde encontro dilatadores aqui no brasil?

Anônimo disse...

ola!!!tenho vistos os comentarios, mas acho que minha historia é a pior,tenho 13 anos que sou casada nao consigo penetraçao nem dedo nem nada tenho pavor so de pensar em colocar algo dentro da minha vagina,sou muito triste,,me acho a pior pessoa do mundo!!

Anônimo disse...

olá descobri ha poucos meses que sofro de vaginismo ao pesquisar em sites ai contei ao meu marido,vai fazer 1 ano que estou casada,e eu sofro muito por ter este problema,as vezes não tenho vontade de fazer sexo porque não consigo penetração,eu gostaria de saber se existe exercícios sem os dilatadores,fora o do dedo que eu ja conheço,e estou fazendo,por favor me ajude se tiver uma lista de exercicios videos,livros que vai me ajudar me fale.obrigada.

Anônimo disse...

Aônima do dia 9 de dezembro, não desanime não. eu também tenho vaginismo e estou lutando há 4 anos para me curar, inclusive estou na terapia. No começo, só de pensar em eu mesma introduzir alguma coisa, me dava arrepios. Um dia, resolvi tentar um cotonete e consegui, dpois consegui dois e três... hj estou conseguindo introduzir 2 dedos e acho que estou evoluindo. No começo, ACHAVA Q SERIA IMPOSSÍVEL, mas hj consigo. Tudo tem seu tempo, procure um terapeuta, embora não pareça, ele vai te ajudar e vc vai encontrar a hora de tentar. Não fique presa ao tempo, eu sei q nós temos pressa, mas esse tempo é vc quem vai encontrar. Eu repito: Eu também tinha horror a introduzir até 1 cotonete...

Noreen disse...

Good Information shared, But wondering too how peo...

Anônimo disse...

Olá, eu acredito que sofro de vaginismo. A minha primeira relação foi muito traumatica e eu sangrei muito. Tive hemorragia também. E além disso ruptura oerineal de grau III.

Depoiis disso fiz varios exames para saber se eu tinha alguma anomalia, algum estreitamento vaginal. Entretanto todos os exames disseram que sou pefeitamente ormal fisicamente falando. Logo. concluiu-se que é vaginismo.

Eu também tinha pavor de introduzir até mesmo um cotonete, mas estou fazendo mtos exercicios com ajuda da internet. Agora já consigo introduzir dois dedos sem muita dor. O médico me recomendou também comprar proteses penianas de diferentes calibres. Comprei a menor possivel. Ainda não consegui introduzir.E também, nao tenho namorado o que torna o estimulo mais dificil ainda.

Ando com depressão por causa dessas situações todas. Mas acredito ser possivel a superação. Onde posso comprar os dilatadores?

Anônimo disse...

Olá! Durante muitos anos sofri por causa do vaginismo. Procurei terapia, tudo. Acabei me conformando e aceitando a tortura de uma relação dolorosa apenas para não frustar meu ex marido. Hoje estou divorciada e em um novo relacionamento.Decidi que agora vou procurar me tratar. Por mim, para o meu prazer, para mimha felicidade. O Site de vcs foi bastante esclarecedor. Continuem esse trabalho, existem muitas como nós precisando de ajuda.
Até mais,
Beijos

Anônimo disse...

gostaria de saber se quem nao tem vaginismo consegue introduzir dilatadores com facilidade na vagina após a perda do hímen?

Anônimo disse...

Olá,
Namoro a 5 anos, e percebi que na hora da relação sexual sentia muitas dores fortes e sempre a relação acabava com eu me frustrando e meu namorado sem saber o que fazer.
Algum tempo fui fazer o exame de papa-nicolau e minha ginecologista descobriu que eu tenho vaginismo.
Gostaria de saber quanto tempo em media a pessoa com vaginismo demora para ter relação prazerosa com seu companheiro? Sinto muito tesão pelo meu namorado mais na hora H sempre eu travo.
Adorei esse blog, muito obrigada por compartilhar esse sofrimento.
Bjos.
Até mais

Anônimo disse...

Olá meninas, boa noite. Quanto tempo não venho aqui....Sou a anônima que escreveu em abril do ano passado (que teve hemorragia ao ter relações...)..Não vim aqui este tempo, pois estava muito ocupada com trabalho e afins...nem estava pensando em sexo, muito menos no vaginismo...massssssss, arrumei um namorado e pe deparei com este problema cara a cara de novo.... Superei meu medo maior, que foi de tentar ter relações de novo...Por mais que minha médica dissesse que não o risco de acontecer uma ruptura de novo seje minímo, o medo sempre prevaleceu..Tentei esconder do meu na,orado...fingia que estava nervosa e por isso não conseguia a penetração, mas teve um dia que não teve jeito e tive que explicar tudo que aconteceu comigo..desde deste dia parece que nossas tentativas de relações ficarão mais dificeis...Ele é muito carinhoso, sempre fica preocupado com preliminares e tudo mais, porém ultimamente está muito impaciente..estamos há 4 meses juntos e sinto que esta minha dificuldade está desgastando a relação...Só que me sinto muito insegura, pois além de eu ter vaginismo, eu só descobri o mesmo após um grande trauma (do qual eu quase morri...), o medo de acontecer algo de ruim tendo relações sexuais é ENORME!!!! Daniela memande um email, por favor sobre sua indicação de terapeuta e de fisio uroginecológica, pois preciso muito começar logo um tratamento (na verdade ayté já tinha começado com uma psicologa, mas não senti muito efeito e tive que parar por alguns problemas no trabalho...). Meu email é anovag2012@yahoo.com.br. Anômnima que também teve hemorragia e que teve ruptura perineal de grau III me mande um email também...Quando tive esta hemorragia, a médica disse que tive ruptura de fundo de sacro...Me mande um email para conversamos para vermos se nosso caso foi parecido. Bjs e que logo, logo possamos estar de volta contando vitórias.

Anônimo disse...

por favor quero saber onde posso comprar os dilatadores!! obrigada

Anônimo disse...

Também preciso de comprar dilatadores e não sei onde encontrar... Sou do porto

Parabéns pelo Blog, está excelente!!

Anônimo disse...

Onde encontro os dilatadores vaginais?? Sao em formato de penis ou nao?

Maria Oliveira disse...

Olá!! Sou casada há dois anos e acredito que tenho esse problema. Só fui ao médico uma vez e ele disse que eu teria que fazer uns execícios de penetração. Nunca mais voltei ao médico e nem procurei ajuda, pois fiquei com muita vergonha. Meu marido é compreensivo, sempre me respeitou e tentou me ajudar. Mas não quero continuar vivendo dessa forma. Eu até consigo com penetrar com um dedo, até dois, mas na hora de penetrar com o penis sinto uma dor insuportável e não consigo continuar. Gostaria de saber onde compro esses dilatadores vaginas no Brasil, pois só encontrei em site internacionais. Obrigada pela ajuda.

maria disse...

pessoal se vcs nao pode comprar os dilatadores como é o meu caso compre plugs anais de tamanhos diferente é mais barato e se tivermos determinacao fara o mesmo efeito de preferencia com a ponta fina.eu sinto que estou proxima da vitoria antes de descobrir esse site eu nao tinha coragem e porisso nunca tinha introduzido nem o meu dedo nao conseguia o meu marido tentava po o dele e eu nao deixava tinha trauma nao sei porq mais tinha paranoia mais graças a Meu bom Deus QUE DEPOIS QUE EU DESCOBRIR O SITE.TIVE CORAGEM.COMECEI COM 1 CONTONET EM SEGUIDA 2 E DEPOIS COM O DEDO MAIOR AI COMPREI O PLUG VAGINAL NO SEX SHOP VIRTUAL CHAMADO LOJA DO PRAZER POIS LA ALEM DE SER MAIS BARATO COMPARADO COM OS OUTROS O FRETE É MAIS BARATO TAMBEM.O PLUG INICIAL 2,5DE LARGURA 11 CM.QNDO CHEGOU NA MINHA CASA EU FIQUEI CHOCADA ACHANDO QUE NAO IA CONSEGUIR MAIS NA VERDADE EU CONSEGUIR SIM INTRODIZIR TODINHO SEM DOER NADA E HOJE CONSEQUIR PENETRAR UM VIBRADOR TODINHO DE 8 CM DE CONFERENCIA E 15 CM DE COMPRIMENTO E AGORA VOU COMPRAR NESTE MOMENTO 1 PLUG MAIS GROSSO NO PROPRIO SITE LOJA DO PRAZER COMO TAMBEM UM PENIS DE BORRACHA MAIOR AINDA.ESPERO QUE MINHA EXPERIENCIA AJUDE VCS.E EU CREIO QUE ESTA PROXIMO OU TESTEMUNHO DE VITORIA.

Daniela Barros disse...

Hello, Medical Tourism Thailand!
Thanks for your compliment and thanks for coming here!

Hello, Eating Disorder Central London!
It´s really not easy when we realized that we have vaginism, but it’s good to know that what we are facing is something true, real, “common” and has a possible cure!

Oi, Anônima de 28/08/11!
Aqui no Brasil, eu não sei onde encontrar um kit formadinho e bonitinho igual a estes que encontramos no exterior. Porém, é possível montar seu próprio kit numa sexy shop (física ou virtual) comprando alguns modelos de tamanhos diferentes. O que eu costumo aconselhar é pelo menos três tamanhos: um bem pequeno, pouco mais grosso que um dedo, um médio e um maior, quase do tamanho do do namorado/marido. Boa sorte por aí! Bjs

Oi, anônima de 09/11/11!
Acho que não tem caso pior nem melhor. O sofrimento e a humilhação do vaginismo são horríveis para todas nós. O que é importante é conseguirmos transformar tanta frustração em motivação para lutar contra isso e buscar a cura, que com certeza é possível!! Bjs

Oi, anônima de 16/12/11!
Existem sim exercícios sem dilatadores. Há terapeutas que indicam velas, seringas, esse tipo de objetos... Há também a fisioterapia uroginecológica que usa instrumentos específicos para fazer exercícios que ajudam a dominar a musculatura da região pélvica, a relaxá-la e tudo mais que irá contribuir para a superação do problema. Espero ter ajudado! Abs.

Oi, anônima de 15/01/12!
Obrigada por contribuir. Vc tem razão, a gente no começo tem medo de coisas pequenas e aos poucos vai conseguindo evoluir. Parabéns pela sua evolução e espero que logo vc consiga se curar! Bjs

Hi, Noreen!
Thanks for commenting.

Oi, anônima de 09/02/12!
Respondi sua pergunta no comecinho desse comentário, dê uma lidinha lá! Não desista, viu? Vc vai conseguir! Bjs

Oi, anônima de 12/02/12!
Trate-se por vc sim! É muito bom sentir prazer sem dor, se sentir bem e completa! Tenho certeza que a recompensa será grande! Boa sorte na caminhada!

Oi, anônima de 20/02/12!
Para introduzir qualquer coisa na vagina “com facilidade” é necessário excitação e lubrificação. Teoricamente a vagina “serve pra isso”, mas é preciso que o corpo todo seja estimulado para que a coisa role facilmente. Espero ter ajudado!

Oi, anônima de 07/04/12!
Acho que não existe uma estatística que meça uma coisa dessas. O período do tratamento varia de pessoa para pessoa, tem gente que se cura em 1, 2, 3 meses e tem gente que demora um ano ou mais. Ainda assim, há pessoas que demoram um pouco a se adaptar com a relação vaginal e demora para sentir orgasmos nessas condições, talvez pelo costume do orgasmo clitoriano, talvez pela falta de prática da penetração. É tudo muito relativo, procure se focar no seu tratamento e nas suas sensações e logo vc estará tendo uma relação com muito prazer!

Oi, anônima de 14/04/12!
Mandei o email!

Oi, anônima de 26/04/12, anônima de 23/05/12 e anônima de 13/08/12!
Leiam este post aqui: http://vaginismotemfim.blogspot.com.br/2010/06/como-faco-para-adquirir-os-dilatadores.html

Oi, Maria Oliveira!
Respondi sua pergunta no comecinho deste comentário, dá uma lidinha lá! Bjs

Oi, Maria!
Que bom que o blog te ajudou de alguma forma e vc está evoluindo! Persista nos exercícios e logo vc estará curada! Quando conseguir me mande um email para me contar, viu? Bjs

maria disse...

com certeza linda eu mandarei e fiquerei muito grata a Deus pala sua vida e pela existencia do blog bjs linda.

Daniela Barros disse...

Ai que fofa vc, Maria...
Obrigada pelo carinho, comigo e com o blog, e força aí na sua luta, viu? Tô torcendo por vc!
Bjs

Anônimo disse...

Terminei meu namoro de 4 anos assim que fui diagnosticada com vaginismo, está sendo muito difícil para mim, pois ainda não procurei tratamento queria muito ajuda para saber como curar o vaginismo se preciso de ir ao médico fazer psicoteriapia ou se esses kits dilatadores livros de auto ajuda resolvem o problema. Preciso realmente de ajuda, pois estou com fobia de sexo não quero me aproximar de ninguem depois q fui diagnosticada com isso só depois q estiver curada quero entrar num novo relacionamento. Desde já obrigada

Anônimo disse...

Oi meu problema é um pouco diferente tive cancer de colo de útero e acabei tendo um estreitamento e encurtamento vaginal. Faz 5 anos que não tenho relacões tenho medo travo na hora. ja coloquei um dedo porem tenho duvidas qto a profundidade que atualmente é de uns 4cm. Pode me ajudar???

Anônimo disse...

Meninas, eu também sofro de vaginismo, sou aluna de fisioterapia e faço estágio nessa área há 1 ano. Eu posso dizer q tem jeito sim, e os dilatadores são a melhor opção, eu ainda não consegui ter relação sexual pq fico nervosa e tbm tenho poucas oportunidades com meu namorado. Anônima do dia 15, logo acima do meu, sofre de ESTENOSE VAGINAL , procure um fisioterapeuta especializado em uroginecologia.

*Dica: quando vcs tiverem na tentativa de introduzir algo, inspira bem forte pelo nariz, e expira pela boca, e na hora da expiração vc introduz, isso ajuda muito a entrada pq a musculatura perineal está relaxada.

Anônimo disse...

Preciso muito de ajuda... já tem alguns anos que venho tentando ter penetração no começo isso não me incomodava pq eu sempre achava da próxima eu consigo... Os anos foram passando e agora isso me atormenta pq começo a pensar como ficarei grávida um dia??? eu não tenho medo e não sinto muita dor apenas um pequeno desconforto, o pênis entra apenas uns 3 ou 4 cm acho q é isso ou menos depois ele não passa mais como se tivesse um osso... é isso que sinto uma barreira como se fosse um osso já coloquei o dedo e senti essa barreira que "chamo de osso" não tive coragem de procurar ajuda... Quando vou na gine apenas digo q sou virgem mas nao conto desse problema uma vez ela dividou da minha virgindade e kis conferir e disse é realmente ainda vc é... Não me considero virgem pq já fiz muitas coisas q muitas mulheres que tem penetração não fez... apenas usei o termo virgem para não entrar em detalhes com a gine... será que meu caso é vaginismo??? pode me chamar de Priscila... bjo *--*

Anônimo disse...

Priscila você deve contar isso a sua ginecologista para ela examinar e ver o que é isso, se é realmente uma má formação óssea ou até um tumor. Você com certeza não tem vaginismo, pois vaginismo é uma contração involuntária da musculatura perineal impedindo e causando muita dor a penetração.

Anônimo disse...

O meu caso é bem parecido com o da Priscila, pois tento ter relações com meu namorado há mais ou menos 7 anos e o máximo que eu consigo é que ele coloque a "cabecinha" e isso é mto constrangedor. Quando penso em algo entrando sinto mto nervoso, mas por incrivel que pareça, a cabeça entra e o restante não como se tivesse um osso bloqueando realmente. Vi comentarios anteriores dizendo que poderia ser "tumor" o caso da priscila, mas eu nao acredito pq eu como ela já fui ao ginecologista, mas nao deixei ela fazer o papanicolau direito pois nunca tinha havido uma penetração completa. Assim, minha ginecologista só colocou o cotonete e disse que estava td bem com os exames. O que me deixa perplexa é que eu contei tudo e ela nao mencionou em nenhum momento este "vaginismo" e fui ver aqui pela primeira vez informações a respeito. Estou rindo feito uma idiota , pois sempre me achei um "et" por não conseguir ter uma relação sexual completa quando até a ginecologista me informava que estava td bem e olha que já fui em umas três. o que vcs acham disso tudo? Será que tenho vaginismo apesar de conseguir suportar a cabeça do pênis?! Podem me chamar de anelise

Anônimo disse...

Continuando o meu depoimento logo acima pq achei que não caberia tudo, sou a anelise: pra vcs terem idéia isso me gerou um problema enorme agora pq não sei mais o que fazer. Como passei 7 anos gozando com meu namorado de outras formas sem precisar penetrar, parece que ele perdeu o de tentar a penetração tb pq sabe que será uma tarefa "árdua" e quando ele tenta no meio da tentativa ele perde o tesão e fica mole. Acho que o meu problema o afetou tb. Como é mais pratico gozar de outras formas já que com a penetração não rolava de jeito nenhum pq só entrava a cabecinha, parece que agora ele não consegue mais ficar rígido o tempo suficiente para que consigamos tentar uma relação sexual. Nós até iniciamos, mas no meio da tentativa de entrar e não consegui ele perde o tesão, fica nervoso, envergonhado. è a primeira vez que falo sobre isso, jamais falei pra ninguém, nem pra amiga. Acho que ainda sou virgem pra dizer a verdade. Apesar do meu hímen já ter se rompido pq eu vi o sangramento logo a primeira vez que ele colocou a cabeça, nunca passou de 4 cm ou 5 cm de penetração. Me sinto como se fosse virgem realmente pq nunca teve ato e isto é mto humilhante.

Noemy Costa Gomes Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Fiquei emocionada ao ler cada depoimento de vocês. Sinto dores desde a primeira relação e no exame ginecológico também. Sou casada a 10 anos e meu marido se cansou da situação e quer ir embora de casa. Durante todo esse tempo fiz vários exames e fisicamente está tudo normal. Resolvi por conta própria procurar ajuda de um psicólogo e pesquisar sobre causas de dispareunia na internet, até que encontrei esse blog. Sentia-me sozinha e envergonhada, por que meu marido canta aos quatro ventos que tem 10 anos de casada, mas não tem uma mulher. Reclama sempre que se formos juntar em tempo nossas relações sexuais não chegam a um mês inteiro dentro desses 10 anos. Isso me magoa demais, pois ele sempre tratou esse problema como se fosse frescura. Tivemos sim algumas relações com penetração, mas sempre com muita dor ou com a impossibilidade da penetração porque travo.POr conta disso acabei "fugindo" dele, evitando-o e agora estou vendo meu casamento chegar ao fim. O depoimento de casa uma de vocês me encheu de esperança e me deu a certeza de que preciso procurar a cura, independente de ficar casada com ele o não. Devo procurar por mim, pela minha felicidade e bem estar. Adorei a dica dos dilatadores.Vou tentar.

Anônimo disse...

Olá Daniela! desculpe talvez minha ignorância, mas esses exercícios com os dilatadores rompem o hímen? no meu caso eu sinto tanto medo que acho que até o dedo ou esses dilatadores vão me machucar

Anônimo disse...

Olá Daniela,
Vou te contar um pouco de minha história... Tenho 18 anos e sou virgem. Estou há algum tempo com uma pessoa de grande importância para mim e resolvi perder minha virgindade com ela - já deixo claro que meu parceiro jamais me pressionou. Nós tentamos várias vezes e nunca deu certo, uma vez que somente o dedo dele, ao tocar minha vagina, me incomoda. Ele mesmo não entende o porquê de meu desconforto. No começo, eu já havia pesquisado na internet e lido sobre o tal vaginismo; todavia, eu ainda não tinha certeza se era isso mesmo. Comprei a tal pomada anestésica - recomendada por uma amiga que já usou - para tentar e, novamente, foi um fracasso, pois o dedo dele me incomodou.
Eu nunca tive o hábito de me tocar - e não fico constrangida em dizer isso, embora hoje entendo que seja errado - então acho que esse é um dos principais motivos para eu ser tão "travada" assim, rsrsrs. Vou marcar uma consulta num ginecologista que a mim foi recomendado na próxima semana, caso eu consiga, e conversar a respeito do assunto. Acredito que seja isso mesmo, mas é sempre bom ouvir a opinião de um especialista, certo?
Li o comentário escrito acima em anônimo e é o meu caso, eu me sinto incomodada com o meu próprio dedo. Com a pomada anestésica, eu consigo introduzir um dedo apenas até o fundo como você mencionou na postagem, mas não passa disso e não consigo sem estar anestesiada.
Li na internet que o tratamento de vaginismo é mais ou menos rápido e há alguns mais intensos também. Meu parceiro está sendo super atencioso comigo e me passando bastante confiança. O que eu REALMENTE quero é acabar com esse sofrimento logo.
Aguardo sua resposta!
Beijos

Anônimo disse...

Gente, tenho um problema parecido com o de voces, tenho 17 anos e meio, e já tive dois namorados, porém nao conseguia ter relação com nenhum pois não entrava e eu nao aguentava a dor, todos me falavam que era frescura minha e eu fui ignorando e tentando mil vezes com eles, me sentindo humilhada por nao conseguir, até que fui em uma ginecologista e ela me examinou e diagnosticou himen semi fechado, eu menstruava normal, tudo normal, porem meu himen tinha uma abertura muito pequena e por isso nao entrava, fiz uma cirurgia em junho desse ano para abrir, ela me cortou por dentro e costurou, fiquei duas semanas de molho, com muita dor pois a cicatrização é dificil, porém hoje estou zerada e tentei novamente ter relação com meu namorado e morri de dor, nao aguentei, nem chegou a entrar.. consigo por meu dedo inteiro e sem dor, e a ginecologista ja me examinou com o espéculo, mas sinto muita dor no exame de toque, nao sei porque enfiei na cabeça que tenho vaginismo, tento colocar dois dedos e dói muito e o dedo do meu namorado entra mas me incomoda bastante também.. morro de medo de tentarmos penetração de novo e eu passar vergonha de novo.. ): nao sei o que eu faço.. a médica fala que estou perfeitamente normal, entao porque nao entra??

Anônimo disse...

Se tiverem procurando por dilatadores, no Brasil é difícil de achar, mas tem.
Estou usando DILATADORES VAGINAIS ABSOLOO. É muito bom, recomendo!
Rumo à cura. Abraços.

Vaginismo - Rumo à Cura! disse...

Meninas, visitem o meu blog. Abraços.:)
http://vaginismorumoacura.blogspot.com.br

Vaginismo - Rumo à Cura! disse...

Meninas, visitem o meu blog. Abraços.:)
http://vaginismorumoacura.blogspot.com.br

Anônimo disse...

Hanna tenho vaginismo estou casada a dois anos fui ao psicóloga achei o tratamento tao caro que fiquei muito desanimado alguém pode indicar um bom e barato estou sofrendo bjos e obrigado

mais uma anónima disse...

olá! foi-me diagnosticado vaginismo esta semana (bem que já desconfiava que teria)....
tenho 21 anos começei a namorar pela primeira vez.
Como eu era virgem e me queixava de dores, decidimos "treinar" e mesmo com um dedo, me custava (e ainda custa) imenso...após várias tentativas, perdi a virgindade.
Fomos tendo relações sexuais e eu sempre com dores e sangrava também um pouco...fui a um ginecologista que não soube minimamente me diagnosticar...passado umas semanas, a pedido do meu namorado, fui a outro que me diagnosticou Vaginismo e hipersensibilidade na "entrada".
É que mesmo depois de perder a virgindade, mal consigo por um dedo sequer...nem qualquer tipo de tratamento ou tampões.
Eu lubrifico-me bem, tenho sempre muita vontade de ter sexo e já me masturbo desde muito nova...é mesmo quando tenho penetração que deixo completamente de ter prazer, só dor...não digo nada para não "estragar o momento" do meu namorado, bem que muitas vezes ele quer parar porque é notório o meu sofrimento...também já experimentamos muitas posições e a dor continua lá...

Anônimo disse...

Oi! Descobri hj na ginecologista q sofro desse problema, pois não consegui sequer fazer o exame de preventivo. Achei q a dificuldade no sexo era normal, mas mesmo estando bem excitada a dificuldade é grande. Vou comprar o kit de tratamento para começar essa luta. Gostei muito do blog, me emocionei. Agradeço vc se dispor a esclarecer esse assunto de uma forma tão leve. Obrigada!

Anônimo disse...

Boa noite... Tenho 25 anos e namoro há 4 meses. Sempre tive relação normalmente, porém, de repente, meu namorado não consegue mais penetrar. Da penúltima vez que tivemos relação, senti dor e ele me penetrou, mas no outro dia, não conseguiu mais, pois senti muita dor. É possível que seja vaginismo? Me ajudem :( Pode me chamar de Ana.

Mariana em busca da cura disse...

Olá, acredito que possa ser dispareunia, que é dor durante a relação sexual, procure uma fisioterapeuta uroginecológica especializada em assoalho pélvico. Isso poderá ti ajudar.

Mariana em busca da cura disse...

Se o tratamento está caro para vc, tente seguir as dicas de exercícios que tem neste site e em outros blogs tbm, comprei o kit de dilatadores pela internet e ele chegou esta semana, já comecei os exercícios diários, comecei com um dedo, e no momento já estou no nº 2 dos dilatadores.

O kit foi R$ 49,00 neste site aqui:

http://www.prazernaturalshop.com.br/ACESSoRIOS-SENSUAIS/Diversos/dilatadores-vaginais-absoloo___445163-SIT.html

no momento está indisponível, mas tem tbm neste outro site aqui
por R$ 93,00 o kit:

http://www.lovetoys.com.br/dilatador-vaginal-absoloo-17489p

Faça os exercícios em sua casa, com calma, carinho e paciência. Força para todas nós.

Anônimo disse...

Mariana, estou querendo comprar os dilatadores absoloo! realmente é seguro? beijoss,Maria

Anônimo disse...

Olá estou tendo problemas pq meu atual namorado tem o penis muito grosso e sinto muita dor até consiguir entrar mais depois que entra alivia mais incomoda um pouco nunca tive esse problema com outros namorados serà que o tamanho do peni7 também influencia?preciso de ajuda.

Anônimo disse...

Olá, semana passada fui diagnosticada por uma terapeuta como tendo vaginismo. Eu já havia ouvido falar dessa doença, se é que pode ser chamada assim, mas como meu médico nunca comentou nada, mesmo eu relatando minhas dores, pensei que não seria.
Eu já havia tentado relações sexuais com dois namorados, e nunca consegui. Com um deles, nos conseguíamos ir com o dedo, mesmo assim era muito desconfortavel e dolorido e não chegamos a finalizar com a penetração peniana. Eu só consegui realmente fazer sexo com meu atual namorado, depois de SETE tentativas.
Eu não posso dizer que estou curada, ou que isso é um problema superado... com o tempo, mesmo sem saber do vaginismo, fomos desenvolvendo tecnicas, muitas parecidas com as aqui citadas, que facilitaram a penetração, e facilitam até hoje. Uma delas é sempre usar o lubrificante, eu não consigo ter penetração sem usar KY. Pra diminuir as dores e facilitar a penetração, sempre antes da relação, eu mesma introduzo os meus dedos na minha vagina e tento fazer movimentos de rotação e etc pra ver se dar uma 'enlarguecida'. Depois que comecei a adotar esse procedimento, as coisas ficaram mais fáceis, mas ainda tenho dores.. principalmente no começo... só descobri o prazer da penetração, ao tentar outras posições. Até hoje, na maioria das posições, eu sinto dores... então o negócio é ir testando! Achei otima as dicas dadas aqui! com certeza deve ajudar e muito o uso de dilatadores! e creio que vou adotar esse procedimento! chega de dor!! abraços meninas... força e relaxeeeem!!! relaxar sempre ajuda!
bjs Flah

Anônimo disse...

Olá! Fui diagnosticada com Vaginismo há quase 1 ano, quando procurei uma Terapeuta Sexual, porém devido ao tratamento caro acabei não conseguindo progredir no tratamento. Voltei a me tratar em fevereiro e comprei os dilatadores da Absollo pela Internet, e junto com tratamento psicológico estou tendo bastante evoluçao, já estou na 4 peça.
Estava com vergonha de comprar, pois moro no interior do Paraná, mas a embalagem veio super discreta e o atendimento foi muito bom.
O site que comprei foi no http://www.prazernaturalshop.com.br/ACESSoRIOS-SENSUAIS/Diversos/dilatadores-vaginais-absoloo___445163-SIT.html

Boa sorte a todas e rumo à superaçao!!!

margo disse...

parabéns por divulgar este assunto! Eu não sabia quanta gente tinha o mesmo problema q eu! A gente sempre acha que SÓ A GENTE tem aquilo...
eu tenho vaginismo e jamais consegui uma relação completa... posteriormente eu passei a fazer exercícios de pompoar, e passei tb a usar um pênis de borracha. Tenho um pouco de resistência usando este último, mas eu vou tentando e acaba dando certo. Agora vou procurar os tais dilatadores q eu não sabia q existiam!
Eu desejo muito que todas vcs superem isso pq só a gente sabe como é triste...

Anônimo disse...

Olá meninas!! Gostaria de compartilhar com vcs tbm! Sou estudante de Psicologia, sempre me interessei pela sexualidade humana, porém até duas semanas atrás eu nem fazia ideia do que poderia ser vaginismo, até procurar na internet....Ainda não sei se realmente tenho esse problema porque até agora não procurei nenhum especialista. Eu e meu namorado já tentamos a penetração por três vezes....e foram três frustrações e isso está me causando mta angústia, porque sei que algum dia nós iremos tentar de novo e isso já está me gelando!! Eu tento manter a calma e ficar mais relaxada, mas parece ser uma coisa impossível...
Agradeço a pessoa que fez esse blog! e realmente acredito que todas nós vamos conseguir alcançar o que tanto almejamos! Foi muito significante e até chocante saber que tantas mulheres sofrem de Vaginismo, e que esse problema pode trazer tantas consequências....Enfim, a verdade é que agora eu sei por onde começar, antes de realmente partir para o sexo! Que este blog continue salvando vidas, e que todas nós mulheres possamos um dia ter Sexo sem Dor!!! e através das palavras de vcs, eu me comovi muito e pude entender o quanto é grande esse sofrimento e que na maioria das vezes ele é calado, declaro que acabei de decidir que vou me especializar em sexualidade, e um dia poderei atraves de terapias ajudar muitas mulheres com Vaginismo!!! Um grande beijo a todas! ;)

Anônimo disse...

Olá, gostei muito do seu blog, tem muita informação interessante. Se puder gostaria de tirar uma dúvida. Tem 3 anos que descobri que tenho vaginismo, desde então tenho lutado para melhorar. Já faço o exercício com 3 dedos mas na hora do sexo sinto dor com o movimento, é uma dor interna que não tem explicação, fora a ardência no orifício externo. Nunca usei dilatador, será que vou precisar de ajuda de uma fisioterapeuta? Sou casada a 2 anos, e tenho muita preocupação em relação a gravidez, pois sou a favor do parto normal, mas sei que se não resolver essa parte sera muito difícil para mim. Obrigada!

Alana Bastos disse...

Nossa to tão feliz que achei aqui, eu me sentia tão anormal : /

Anônimo disse...

A algum tempo descobri o blog e tenho aprendido muito com tudo que leio aqui! Só tenho a agradecer por cada uma contar sua experiência, porque assim aprendemos cada vez mais sobre esse terrível vaginismo.
Descobri o meu a 6 anos quando tentei ter relação com um ex namorado, mas era como houvesse uma barreira ali. Fui na ginecologista depois de muito pensar e tentar e fui diagnosticada com hímen complacente... Um hímen que não se rompe. Fiz cirurgia para retirada e aqui começou meu martírio. Sem nenhuma preparação ela me anestesiou com uma anestesia de dentista, várias agulhadas para uma vaginica vocês imaginam o escândalo que fiz, a médica ficou irritada e fez o procedimento com a maior pressa do mundo, e me mandou ir tentar com o namorado o que não rolou... Meses, anos se passaram e eu na mesma e ainda mais aflita, foi quando em outra consulta com outro ginecologista ele viu que o hímen havia se rompido, enfiou o dedo com tudo e disse que meu problema era o medo, que eu deveria tentar superar, e começar a enfiar o dedo para alargar, mas e a coragem?
Meu relacionamento acabou e deixei isso pra lá, achando que um milagre aconteceria ...
Conheci uma nova pessoa, e comecei a busca pelo tratamento.
Comecei introduzindo um cotonete, e com muito sufoco foi... Comprei um pênis de borracha e fiquei um tempo só criando coragem.
O namoro evoluiu pra noivado, logo casamento e eu me desesperando porque não conseguia achar uma solução.
Enfim consegui introduzir aos poucos o pênis de borracha, foram meses, muitos calafrios, muito choro, mas consegui.
Casei e ao tentar com o marido nada, dor insuportável e o pênis dele entortando de tanta contração que eu fazia.
Sempre achei estranho, o de borracha entra e o do meu marido não...
Essa semana chegaram meus dilatadores e percebi que a borracha dele é mais mole do que o pênis de borracha, ao tentar com ele também entortou...
Vou continuar tentando, e tenho fe que minha cura está próxima.
Obrigada pelas dicas de exercício, eu já havia pulado para o n. 4, vou fazer do jeito que ensinou.
E vamos a luta meninas! Depende somente de nós

linda disse...

Meu nome é neil.I gostam de compartilhar meu testemunho a todas as pessoas no fórum porque eu nunca pensei que eu vou ter o meu namorado de volta e ele significa muito para mim, o garoto que eu quero me casar me deixou dois meses a nosso casamento para outra senhora, quando liguei para ele que ele nunca pegou minhas chamadas, ele me excluído em seu facebook e ele mudou seu status no Facebook de casada com Único, quando eu fui para o seu lugar de trabalho que ele disse a seu chefe que ele nunca mais quero ver me.I perdi meu emprego, como resultado de isso, porque eu não consigo me mais, minha vida estava de cabeça para baixo e tudo não passou suavizar com a minha vida, eu tentei tudo que eu poderia fazer para tê-lo de volta para mebut falhar para fora, até que Eu conheci um homem Quando eu viajo para a África para executar alguns negócios têm vindo a desenvolver alguns anos back.I disse-lhe o meu problema e tudo o que passaram por em tê-lo de volta e como eu perdi meu emprego, ele me disse que vai me ajudar , eu não acredito que, no primeiro place.but ele sweare ele vai me ajudar e ele me disse que a razão pela qual meu namorado me deixou e disse-me também alguns secrets.i escondida ficou espantado quando ouvi isso dele, ele disse que vai lançar um feitiço para mim e eu vou ver os resultados no próximo par de days.then eu viajar de volta para US o dia seguinte e eu liguei para ele quando eu cheguei em casa e disse que ele está ocupado lançando esses feitiços e ele comprou todos os materiais necessários para as magias, disse ele vou ver resultados positivos nos próximos 2 dias que é quinta-feira, Meu namorado me chamado exatamente 12:35 no sábado e desculpas por tudo o que ele tinha feito, ele disse que nunca soube o que ele está fazendo e seu comportamento súbita não foi intencional e prometeu não fazer isso again.it era como estou sonhando quando eu ouvi isso dele e quando terminou a chamada, eu liguei para o homem e disse-lhe o meu namorado ligou e disse Dr Egbo eu não vi nada ainda, ele disse que eu também vou buscar o meu emprego de volta em três dias o tempo, e quando era segunda-feira, eles me chamaram no meu local de trabalho para retomar escritório no dia seguinte, e obter mais promoção do meu escritório. agora eu dou graças a todos os pai na África dady muito obrigado por favor, se alguém precisar de tal ajuda deverá contactar urgentemente este homem, porque esta é a única maneira que eu posso pagar-lhe e ajudar o meu companheiro fórum também. este é o e-mail, dregbosolutioncenter@gmail.com,

Anônimo disse...

Esse blog é uma benção! Estou com 10 anos de casada e estou na luta para vencer essa "doença".Faço os exercícios com os pênis de borracha. Já chegue no último (azul), mas ainda sinto muito incômodo, pois não consigo ficar mexendo eles dentro da vagina. Agora vou fazer os exercícios de acordo com a sugestão da atora.Rumo a vitória!!! Nós vamos vencer sim!!!

Unknown disse...

ola meu nome e ALEXANDRO MINHA EPOSA SOFRE DE VARGINISMO QUERO AJUDAR ELA MAS NAO SEI COMO OQUE FASO FALAMOS MUITO SOBRE O ASUNTO DISE A ELA QUE ESTAREI SEMPRE DO LADO DELA SO QUE NAO SEI OQUE FAZER ?

Anônimo disse...

Olá, esse blog é sensacional.
Bom namoro tem 5 anos, mas acho que desde os meus 17 anos eu sofro com esse problema. Com os primeiros caras, achei que não ocorreu pois não sentia nada por eles, e pq era a primeira vez. Mas com esse meu namorado eu percebi que poderia sim ser uma doença. Desde que começamos a namorar tentávamos sempre, até que chegou um momento que eu o evitava, evitava qualquer tipo de contato. E ai, nesse ano, mas especificamente em agosto, sozinha e da minha cabeça eu optei por procurar ajuda com uma psicóloga. Ela não é especialista no caso, mas me ajuda muito a desmistificar sobre o medo na relação. Foi ai que ela me encorajou a comprar os dilatadores. Comprei, e junto com eles comprei um gel lubrificante. No primeiro dia, estava morrendo de medo. Mas consegui chegar até o 4º. Ufaaaaa, faltavam dois. No segundo dia começei do dedo e fui aumentando para os dilatadores conforme me sentisse bem e não conseguia sair do 4º, que decepção. Mas na terceira tentativa cheguei até o 6º dilatador, fiquei muito feliz. Mas optei por ainda não tentar a relação sexual. Estou na fase de colocar os dilatadores de várias maneiras. Todas as vezes que vinha o medo, eu lembrava dela falando para eu relaxar e para eu pensar em tudo que iria sentir quando o sexo ocorresse. Ainda estou em tratamento com a psicóloga e com meus dilatadores.

Anônimo disse...

Olá, gostaria de saber qual a diferença de dilatadores e vaginais e de cones vaginais, além da diferença física, claro. Os cones são pesinhos. Sabe me dizer qual é melhor no tratamento? Acredito ter vaginismo primário e estou hà dois anos indo em médicos e todos me acham estranha e não sabem me dizer o que eu tenho. Meu relacionamento está sendo difícil. Antes, mesmo com dor, eu fazia por ele, agora nem isso. Estou desesperada por respostas, espero que possa me ajudar. Obrigada

Anônimo disse...

Me identifiquei muito com o comentário da Anelise, acontece o mesmo comigo e meu namorado. Ele não consegue penetrar nada mais do que a cabeça do pênis... e logo brocha. Já são quase 4 anos de namoro e nunca conseguimos uma penetração satisfatória.. sinto muita dor e incomodo.. E as vezes esse "osso" que já foi citado nos comentários. A Gine disse que não tenho vaginismo, visto que consigo fazer o exame até o final. Sempre achei que meu buraco é muito pequeno.. Ou q o problema fosse mais psicológico.. Já que não consigo me penetrar com os meus dedos.. Sinto muita aflição em "me sentir por dentro".. E as vezes uma espécie de "nojo" do ato em si.. (quando penso demais na hora H.., sobre nojo, saliva, vergonha.. E quando mais travo e mais sinto meu desejo desaparecer.
Também me considero virgem.. Mesmo já tendo sangrado durante uma tentativa dolorida e frustrante. Meu namorado e muito companheiro mais sinto que a falta de sexos está saturando a relação.. E isso acaba influenciando um pouco na minha segurança com a relação.
Antes desse meu namorado atual.. Eu tive um outro namoro de 5 anos..tbm sem sexo.
E muito doloroso se sentir uma pessoa estranha e anormal.. Ler esses comentários todos tem sido muito importante pra mim.
Pretendo comprar os dilatadores e seguir as dicas.. Terapeutas ainda não cabem no meu orçamento. Me sinto mais engajada depois de ter encontrado esse site. ASS: PALOMA

Anônimo disse...

Me identifiquei muito com o comentário da Anelise, acontece o mesmo comigo e meu namorado. Ele não consegue penetrar nada mais do que a cabeça do pênis... e logo brocha. Já são quase 4 anos de namoro e nunca conseguimos uma penetração satisfatória.. sinto muita dor e incomodo.. E as vezes esse "osso" que já foi citado nos comentários. A Gine disse que não tenho vaginismo, visto que consigo fazer o exame até o final. Sempre achei que meu buraco é muito pequeno.. Ou q o problema fosse mais psicológico.. Já que não consigo me penetrar com os meus dedos.. Sinto muita aflição em "me sentir por dentro".. E as vezes uma espécie de "nojo" do ato em si.. (quando penso demais na hora H.., sobre nojo, saliva, vergonha.. E quando mais travo e mais sinto meu desejo desaparecer.
Também me considero virgem.. Mesmo já tendo sangrado durante uma tentativa dolorida e frustrante. Meu namorado e muito companheiro mais sinto que a falta de sexos está saturando a relação.. E isso acaba influenciando um pouco na minha segurança com a relação.
Antes desse meu namorado atual.. Eu tive um outro namoro de 5 anos..tbm sem sexo.
E muito doloroso se sentir uma pessoa estranha e anormal.. Ler esses comentários todos tem sido muito importante pra mim.
Pretendo comprar os dilatadores e seguir as dicas.. Terapeutas ainda não cabem no meu orçamento. Me sinto mais engajada depois de ter encontrado esse site. ASS: PALOMA

Anônimo disse...

nunca cheguei ao orgasmo. faz 7 anos que iniciei minha vida sexual.na hora de transar até relaxo e fico um pouco lubrificada mas quando chega a certo ponto em que pareço ter alcançado mais da metade do caminho para chegar ao orgasmo simplesmente é como se algo bloqueasse e fico como se estivesse com a vagina dormente; e aí tudo regride e perco a excitação. isso acontece todas as vezes faço sexo. me sinto completamente decepcionada comigo mesma. impotente.

família Cesar disse...

Olá, faz 10 anos que tento ter relações sexuais e não tenho penetração, sinto dor e ardência. Nesse período passei por vários "profissionais" de ginicologia que disseram ser coisa da minha cabeça, frescura, enfim nessa palhaçada toda ninguém soube me informar o por quê das dores e ardência, até que fiquei grávida e não consiguir concluir o enxame de toque, e aí o médico além de dizer que é psicológico informou ser vaginismo, finalmente alguém disse alguma coisa, mas tratamento ningue

família Cesar disse...

Bom, tive um problema e não conseguir concluir, bom finalizando, bom finalmente fui encaminhada para fisioterapia, mas existem muitas pessoas para tratar estou em uma lista de espera, a pergunta é o que fazer enquanto se esperar? no caso da gravidez tive um aborto retido, e pense na dor para introduzir a medicação, foi horrível e o mé dico achando ser frescura. Enfim depois de tudo isso precido de orientações, pois estou em desespero.

Anônimo disse...

Gostaria de compartilhar minha história.
Depois de muito tempo pensando se tinha ou não vaginismo, consegui minha primeira penetração!
Namoro há mais de 4 anos e nunca fizemos sexo com penetração. Sempre tive muito medo e sempre fui muito travada. Em tentativas passadas por parte dele, até o dedo me incomodava, e eu nem sequer queria tentar e já desistia. Uma vez tentei inserir absorvente interno e me estranhou o fato de não ter conseguido. Outra vez fui pra fazer exame de coleta vaginal e senti um incomodo grande com a mulher passando o cotonete; até ela estranhou. Passou algum tempo e decidi que iria começar minha vida sexual. Tentei a dessensibilização primeiro com o absorvente interno; comprei o mini e depois o médio. Ardia demais, foi um inferno, mas eu aguentei. Tentei introduzir objetos que eram menores que o buraco do meu hímen e notava que entravam facilmente, e sem dores. Então me questionava: tenho ou não vaginismo? Depois de 3 meses de tentativas frustradas de fazer sexo, muito choro de frustração e de me perguntar "por que eu não consigo?", decidi comprar os dilatadores da marca Absoloo, e no primeiro dia já consegui colocar até o penúltimo, e mesmo com muita dificuldade e ardência, aguentei até o final. No segundo dia, o penúltimo já não ardia tanto, mas ia com dificuldade. Aí nesse mesmo dia, com meu namorado, fomos colocando os dilatadores gradualmente e tentamos a penetração, e foi!!! Nem acreditei na hora. Eu pensava que não iríamos conseguir tão rápido. Não consegui penetração total, pois sentia um grande incomodo e aperto, mas dor não senti. O que acho estranho é que acho meu hímen muito elástico, pois após o uso de absorventes internos, penetração e dos dilatadores, ele volta ao seu tamanho normal, um buraco pequeno. Enfim, agora continuarei com os dilatadores para ver se consigo melhorar essa sensação de incomodo. Recomendo muito o uso dos dilatadores, me ajudaram demais, mas pra quem realmente tem vaginismo eu recomendo que façam acompanhamento com o fisioterapeuta, o que é fundamental. Sorte a todas!

Anônimo disse...

Olá, tenho 23 anos e estou casada há 5 meses, casei virgem e até hoje não consegui ter uma relação sexual completa.
Comprei um vibrador cromado de uns 12 cm por orientação do meu esposo, que sempre se preocupou comigo, e comecei a fazer exercícios e tem ajudado. Não sei se o que eu tenho é vaginismo, mas sei que tem sido muito difícil a penetração, pois sempre senti muita dor, agonia e incômodo. Muitas vezes pensava que nunca entraria nada na minha vagina.
Já tentei anestésico, mas agora estou tentando sem ele, apenas com o vibrador. Estou tendo bons resultados, já é um começo.

Anônimo disse...

Boa noite! Olha se não fosse o blog acho que nunca iria realizar meu sonho de ser uma mulher completa. Só tenho a agradecer por todas as dicas aqui postadas, pois não temos profissionais capazes de saber o que passamos ao nos sentir estranhas; ao começar a ler seu blog fui capaz de me identificar e ser entendida finalmente, hoje já estou conseguindo ter relações com meu esposo , pois aqui no blog descobri os dilatadores realmente fazem diferença para as vagínicas. eu descobri seu blog no mês de março e agora depois de exercitar com os dilatadores já é possível ter relações que as vezes ainda são doloridas mais sei que vai melhorar. hoje já tenho 31 anos, mais quero aproveitar minha vida plenamente.Muito Obrigada!

Postar um comentário

Que bom que vc decidiu compartilhar sua luta comigo! Vamos vencer, tenho certeza!
Agora eu aprendi, então, depois de comentar, pode voltar aqui que vai ter uma respostinha minha, tá?
Bjs